Com um lema que remete ao apreço pela antiga marca, “O nome muda, mas o amor permanece”, as antigas unidades do McDonald’s reabriram neste domingo (12) na Rússia, agora como marca local, depois que a rede americana deixou o país devido ao conflito na Ucrânia.

Conforme reportado pelo g1, os antigos restaurantes do grupo, que anunciou sua saída do país depois de mais de 30 anos de presença, foram rebatizados de “Vkousno i tochka” (“Delicioso. Ponto Final”, na tradução para o português) por seu novo proprietário russo.

O logotipo amarelo característico foi substituído por duas listras estilizadas de cor laranja, que representam duas batatas fritas, acompanhadas de um ponto vermelho.


“Tentamos fazer de tudo para que nossos clientes não percebam nenhuma diferença, nem no ambiente, nem no sabor, nem na qualidade”, disse o CEO do grupo que assumiu o comando da rede, Oleg Paroyev.

O novo proprietário da rede de fast food na Rússia, o empresário Alexander Govor, diz que os mais de 50 mil ex-funcionários do McDonald’s em todo país conservarão seus empregos. Ele também prometeu que o sabor dos produtos não mudará e que trabalhará para melhorar a rede.

“Esperamos que o número de clientes não diminua, e sim que aumente. Ainda mais agora que é uma empresa totalmente russa”, declarou Govor.

“Estou muito orgulhoso de ter recebido a honra de desenvolver esta empresa. Sou ambicioso e planejo não apenas reabrir os 850 restaurantes, como também desenvolver outros novos”, disse.

No vídeo abaixo podemos conferir a recepção da nova marca:

RECOMENDAMOS






Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!