O escritor argentino Alberto Manguel, reconhecido internacionalmente por honrarias como o título de Oficial da Ordem das Artes e das Letras, do Ministério da Cultura da França, Alberto Manguel é diretor da Biblioteca Nacional argentina e autor de obras como “Dicionário de lugares imaginários” e “Uma história da leitura”.

Para o escritor, “ler é sempre um ato de poder” e, em sua opinião, a isso se deve o fato do leitor ser temido em quase todas as sociedades.

Manguel nos faz peercorrer um caminho histórico sobre a capacidade de ler – e da liberdade de ler – e nos faz refletir sobre fronteiras, identidade, poder e literatura.

Confira:

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!


COMENTÁRIOS