O interior de Goiás segue apreensivo e amedrontado. Já são 10 dias de buscas incessantes e, até o presente momento, Lázaro Barbosa, homicida contumaz, ainda não foi capturado, a despeito de toda a busca das polícias do DF, de Goiás e da Polícia Federal.

Agentes da força-tarefa buscam por Lázaro Barbosa, na tarde desta sexta-feira (18), em uma mata entre o distrito de Girassol, em Cocalzinho, e Águas Lindas de Goiás, a menos de 10 km de distância.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o criminoso foi visto em um chiqueiro, mas fugiu novamente para vegetação. Um vídeo mostra policiais em ação por terra e com auxílio de helicópteros. A PRF detalhou à TV Anhanguera que o último ponto que Lázaro foi visto foi no chiqueiro da chácara. De acordo com a corporação, uma equipe que estava num helicóptero o identificou no local.

A força-tarefa montada para capturar Lázaro conta com cerca de 200 policias, sendo que são esperados ainda mais 20 homens da Força Nacional para reforçarem o grupo. Uma barreira foi montada na BR-070, que dá acesso a Águas Lindas de Goiás, pois Lázaro desloca-se para aquele município.

Todos os veículos estão sendo parados e vistoriados pelos policiais. Estradas de terra da zona rural também estão cercadas pelos agentes na noite desta sexta-feira.

Veja, abaixo, o resumo dos acontecimentos sobre este caso, do site G1:

Cronologia da fuga
Na sexta-feira (11), ele roubou um veículo e fugiu para Cocalzinho de Goiás. Depois colocou fogo no carro;

No sábado (12), invadiu uma fazenda, atirou em três pessoas e colocou fogo em uma casa. Nesta ocasião, fez um caseiro refém, usou e obrigou a vítima a usar drogas;

No domingo (13), o suspeitou furtou um carro para fugir da polícia, foi visto na BR-070 e acabou abandonando o veículo. A corporação acredita que ele tentava retornar ao DF;

Na segunda-feira (14), ele foi filmado por câmeras de monitoramento e teria dormido em um galpão de uma chácara. Pediu comida aos moradores, mas fugiu;

Na terça-feira (15), uma moradora de uma fazenda filmou os policiais durante buscas em sua propriedade. Segundo as imagens, Lázaro passou por lá durante a fuga. Mais tarde, ele sequestrou uma família em outra chácara (foram liberados sem ferimentos) e atirou em dois policiais, que foram atingidos de raspão, eles foram levados para hospitais e receberam alta;

Na quarta-feira (16), Lázaro Barbosa foi visto por um morador em uma área rural;

Na quinta-feira (17), a polícia retomou as buscas em matas da região e mudou a base de operação pela segunda vez. Força Nacional vai ajudar nas buscas. Houve um novo tiroteio e ele pode estar ferido.

Com informações do G1

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!