O mundo do esporte brasileiro tem hoje um grande motivo para chorar. Faleceu uma das maiores referências do vôlei brasileiro, Maria Isabel Barroso Salgado, a Isabel.

A causa da morte ainda não divulgada. O que se sabe é que o óbito se deu no hospital Sírio-Libanês em São Paulo.

A jogadora disputoou duas Olimpíadas (Moscou 1980 e Los Angeles 1984) no vôlei de quadra e depois, no início dos anos 1990, migrou para o vôlei de praia, em que foi uma das pioneiras mundiais da modalidade. Deixa cinco filhos e cinco netos.

Ela integraria a equipe técnica na área de para a transição de governo do presidente Lula, conforme anunciado na semana anterior.

Segundo divulgado pelo GE, a atleta integrou a seleção feminina de vôlei que abriu as portas para a modalidade, nos anos 1980, ao lado de Vera Mossa e Jaqueline. Embora não tenha ganho medalha nas Olimpíadas que disputou, em Moscou 1980 e Los Angeles 1984, aquela equipe foi a primeira da história do país a disputar grandes competições. Foi medalhista de bronze nos Jogos Pan-Americanos de 1979, em San Juan, Porto Rico. Foi, também, a primeira jogadora brasileira de vôlei a atuar numa liga estrangeira, na Itália, em 1980, no Modena, quando viajou para a Europa com sua filha Pilar, recém-nascida.

Nomes do esporte e da política lamentaram profundamente a perda da jogadora:

O presidente eleito, Lula, também lamentou o falecimento de Isabel:

RECOMENDAMOS






Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!