Um idoso de 108 anos que vivia em situação de rua foi adotado por uma família mexicana após ser resgatado por uma jovem, que lhe ofereceu comida, roupas limpas e uma cama confortável – coisas que ele não tinha com regularidade há anos.

Don Felipe Reyes vivia pelas ruas de Coahuila, no México. Apesar da idade avançada, ele jamais teve acesso à pensão ou aposentadoria. Sem dinheiro, precisava enfrentar a solidão, a miséria e o clima frio das madrugadas sem ter um local onde se abrigar.

Leia também: Cão gigante é abandonado em estrada e adotado por família que passou no local

Quando a jovem Benita Dearz conheceu Felipe, ele caminhava pelas ruas sob sol escaldante, apenas usando um chapéu. Sensibilizada com a situação do idoso, ela resolveu fazer algo para ajudá-lo.

Em um vídeo compartilhado nas redes sociais, Benita é vista convidando Don Felipe para ficar em sua casa, ao que ele concorda prontamente. No caminho até lá, o senhor apontou para uma floresta chamada Venustiano Carranza, e explicou que morava naquela “grande praça”.

Leia também: Casal de noivos converte buffet de seu casamento em marmitas para pessoas carentes

A jovem ficou impressionada com a história de vida e dia a dia do idoso. Afinal, não era algo aceitável que uma pessoa tão longeva precisasse achar refúgio em ruas e florestas… Don Felipe merecia um tratamento muito melhor!

Naquela noite, Benita ofereceu um jantar para Don Felipe, que depois ganhou um bom banho e roupas limpas. Para ela, ajudar aquele homem era uma forma de homenagear seus avós, que já faleceram, mas que, com certeza, aprovariam sua atitude.

A mexicana decidiu pedir em suas redes sociais que as pessoas doassem roupas e alimentos, assim poderia dar tudo ao idoso.

Aos poucos, as contribuições foram chegando e, com o passar do tempo, Don Felipe foi ficando com a família da jovem, se tornando o ‘vovô adotivo‘ da casa – em definitivo.

Sem dúvida, chegar aos 108 anos sem ter nenhum ente querido por perto, vivendo em situação de rua, são coisas que retiram a subjetividade de um indivíduo.

Não podemos normalizar a falta de moradia, de saneamento básico, de comida, segurança e educação… Felizmente, hoje Don Felipe tem uma família que o ama e cuida dele de maneira zelosa, sem pedir nada em troca, a não ser sua sabedoria e presença em casa.

Fonte: O Segredo

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS