A senhora Milta de Jesus Oliveira, de 75 anos, encontra-se internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Universitário de Brasília (HUB) desde o último sábado, dia 28.

A idosa sentiu-se mal após ser acusada por uma caixa de supermercado de ter furtado o chinelo que usava.

Senhora Milta estava acompanhada de duas filhas e de um neto. Fizeram aos compras e, ao passar as compras no caixa, a atendente questionou se ela iria pagar as sandálias que ela furtou também.

Conforme narra o Boletim de Ocorrência Policial, “Milta começou a ficar nervosa, e explicou o chinelo que estava usando foi um presente de sua filha. A idosa chegou a afirmar que as sandálias que ela calçava não eram novas, como alegava a funcionária do caixa”.

“Milta começou a ficar nervosa, e explicou o chinelo que estava usando foi um presente de sua filha. A idosa chegou a afirmar que as sandálias que ela calçava não eram novas, como alegava a funcionária do caixa”, aponta o boletim.

Milta de Jesus Oliveira sofreu infarto após ser acusada de furtar chinelo em supermercado no DF — Foto: Arquivo pessoal

Foi então que a funcionária do caixa chamou os seguranças e disse que a senhora Milta deveria provar que não furtou as sandálias.

A família da idosa dirigiu-se à 30ª Delegacia de Polícia de São Sebastião e registrou ocorrência contra o supermercado. No momento em que registravam a ocorrência, a idosa sofreu um infarto e segue internada à espera de um cateterismo.

Com informações do site G1

RECOMENDAMOS






Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!