Ocorreu, no interior de Goiás, uma situação inusitada. A dona de uma lotérica de Colinas do Sul, registrou uma ocorrência policial afirmando que um homem repassou R$ 20 mil em boletos para uma atendente e que, no momento em que o dinheiro lhe foi exigido, ele saiu correndo sem entregar o dinheiro.

Segundo narra a proprietária da agência lotérica, Elaine Gutenberg Campos, o homem teria chegado de moto argumentando que iria pagar boletos para o seu patrão e que estava com o dinheiro para o pagamento.

“A atendente ainda contou que o homem disse estar com R$ 10 a mais para que ela pudesse pagar um refrigerante”, contou Elaine.

Quando, contudo, a atendente autenticou os 10 boletos de R$ 2 mil, totalizando R$ 20 mil, e solicitou o pagamento ao homem, ele teria afirmado que não tinha o dinheiro e saiu correndo.

Durante a fuga, ele deixou cair o celular, fato que facilitou a sua identificação pela polícia, mas ainda não foi localizdo.


“Não conseguimos estornar nada. Foi um prejuízo muito grande que agora eu quem vou ter que arcar”, lamentou Elaine.

Foi instaurado um inquérito policial para apurar a prática do crime.

RECOMENDAMOS






Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!