Com informações de UPSOCL

Quem já foi corroído internamente por um desejo insano de comer uma pizza, daquelas com queijo derretendo por cima e bordinha crocante, sabe que não há exagero nenhum em encarar esse desejo como uma emergência. Compreendendo a dimensão do problema em que se encontrava na falta da pizza, este garotinho Sanford, na Flórida, ligou para a polícia.

Os policiais, num primeiro momento, ficaram confusos ao ouvir o telefonema. Uma voz infantil dizia “Quero uma pizza, por favor”. Retornando a ligação para tentar entender do que se tratava, conversaram com a irmã do garoto e entenderam a situação. Manny Beshara, o garotinho de 5 anos, havia ligado inocentemente para a emergência no afã de saciar sua vontade de comer uma pizza.

A irmã do garoto imaginou que aquilo pudesse ter colocado os dois em uma encrenca, afinal não se liga para a emergência exceto em situações muito graves, e quando os policiais bateram à porta ela sequer pôde acreditar, parecia mesmo que a situação estava ruim. Foi quando percebeu que os policiais haviam atendido ao pedido do garoto: trouxeram a pizza!

Enquanto comiam (os policiais não deixaram escapar a oportunidade de também comerem um pedacinho) explicaram pro garoto a importância de não ligar para a emergência exceto em casos um pouco mais importantes. Ao que parece, o garoto compreendeu a lição. Veja a seguir as fotos que registraram essa ação policial pouco convencional:

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!