Uma história de pura ternura encantou a internet essa semana. Um garotinho de 9 anos avisou a professora que não poderia entregar a tarefa pois estava ajudando sua porca a dar à luz.

Nancy Monroy, a professora do quinto ano de uma escola rural no cantão de Guachapala, passou uma tarefa que era pra ser entregue no mesmo dia mais tarde porém, uma surpresa atrapalhou os planos de Juan Gabriel, que planejava fazer a tarefa. Sua porquinha estava com um comportamento muito estranho.

Quando ele foi averiguar, percebeu que a leitoa estava em trabalho de parto e não havia mais ninguém para ajuda-la além dele. Ele contou a El Universo que foi ele quem pegou o primeiro bezerro sem ajuda de ninguém, por volta das 13 horas. Minutos depois, sua mãe – uma vendedora de legumes em uma cidade próxima – chegou e o ajudou no trabalho para fazer suas tarefas.

Logo ele enviou um áudio para a professora explicando tudo. “Professora Nancy, boa tarde. Posso dizer que não pude enviar o plantão na hora porque depois que as aulas acabaram, meu cuchi começa a dar à luz e não sei até que horas vai ser. E como minha mãe ainda não chegou de Paute, tenho que estar vendo o ‘cuchi’ lá. Assim que eu terminar de dar à luz, mando para vocês o dever, agora, obrigado, tchau. Eu espero que você me entenda”.

A professora conta que Juan Gabriel é um aluno muito atencioso e responsável, não havia como se incomodar com sua demora.

Fonte indicada e adaptada: UPSOCL

RECOMENDAMOS






É amante de sagas, sonha ser cineastra e é do tipo que chora rios inteiros lendo livros. Já coleciona 14 primaveras, escreve poemas, ama Raul e Legião.