O voluntário João Pedro Feitosa tinha 28 anos, era médico recém-formado e morador do Rio de Janeiro e veio a falecer no dia 19 de outubro, por complicações da Covid-19.

O médico participava como voluntário dos testes da vacina de Oxford.

AstraZeneca e Oxford não informaram se o falecido tomou placebo ou vacina, alegandoo que existe cláusulas de sigilo para não divulgar detalhes do caso.

Conforme publicado pelo G1, veja o que se sabe sobre o falecimento:

– Voluntário era médico recém-formado.
– Ele morreu devido a complicações da Covid-19
– Não foi informado se ele recebeu a vacina ou o placebo
– Após avaliação de comitê independente, testes não foram suspensos
– AstraZeneca e Oxford alegam cláusulas de sigilo para não divulgar detalhes do caso
– Desenvolvedores dizem que comitê não viu preocupações de segurança relacionados ao caso
– Anvisa disse que processo permanece em avaliação, mas não determinou suspensão do estudo

Fonte: G1

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!