Daniel García Durval, apicultor espanhol picado por uma vespa asiática, faleceu no domingo (10). Ele foi picado ao vistoriar colmeias de sua propriedade, em Santiago de Compostela, no norte da Espanha.

Conforme publicação do G1, a vespa asiática (Vespa velutina) não costuma atacar humanos, e o fazem, em regra, quando se sentem ameaçadas.O inseto, que pode chegar a medir mais que 2 centímetros, é predador e as abelhas são seu alvo principal.

Segundo a agência de notícias EFE, o serviço de emergência teria sido acionado por um colega do apicultor. Picado na pálpebra, o apicultor faleceu enquanto aguardava a chegada dos médicos. Não se sabe ainda se ele era ou não alérgico a insetos.

O inseto identificado na Espanha não é o mesmo encontrado nos Estados Unidos e noticiado há algumas semanas.

Recentemente, o país norte-americano anunciou ter identificado uma invasão da espécie conhecida como vespa gigante asiática (Vespa mandaririna), apelidada de “vespa assassina”.

Especialista ressaltam que as chamadas vespas gigantes asiáticas (Vespa mandaririna) podem ser perigosas para seres humanos, mas não costumam atacar se não forem incomodadas.

Para exemplificar o modo que esses insetos agem, trouxemos aqui um vídeo do National Geographic:


Venha conosco para nossas páginas no Facebook e Instragram.

A Revista Pazes apoia as medidas
de isolamento social para conter o avanço do novo coronavírus.
#FiqueEmCasa #SeSairUseMáscara

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!