Muitas pessoas querem conhecer o amor de suas vidas, mas não sabem que, para encontrá-lo, precisam primeiro se encontrar.

De mulher para mulher, eu pergunto: por que você precisa de um parceiro? Para completar uma parte que você sente que está perdendo? Para preencher um vazio interior? Por que você tem medo de ficar sozinho ? Por que você se sente impotente sozinho? Se você ainda não descobriu, vou lhe dizer uma coisa: ter um parceiro não resolve nenhum dos seus problemas, pelo contrário, pode até piorá-lo.

Estabelecer uma relação do ponto de vista da codependência só pode levar a uma falha sentimental. Apenas com um relacionamento consciente é possível levar uma vida saudável a dois.

“Relacionamentos não são feitos para nos fazer felizes, mas para nos tornar conscientes”.
(Raimon Samsó)

O amor verdadeiro nasce dentro de nós

As mulheres precisam se sentir amadas. Mas o amor verdadeiro nasce dentro delas. Uma mulher que ama a si mesma irradia amor e obtém amor. Você não pode atrair algo que não tem em sua vida.

“A maneira real de encontrar o amor é considerar-se feito de amor e decidir compartilhá-lo com o resto do mundo sem expectativas”. (Ana Moreno)

Se você não sentir que é feito de amor, acreditará que precisa ser completado por outra pessoa; entretanto, com esta necessidade de se completar, você acabará tentando possuir o outro e sentir-se uma nulidade sem ele / ela. Este é um comportamento muito egoísta, e o amor e o egoísmo não são conceitos compatíveis.

Ainda mais importante é considerar que, assim como você não pode atrair o amor se não estiver cheio de amor, retornará para você exatamente o que você oferece. Se você está ansioso para parecer quem você não é, você não vai conhecer pessoas autênticas. Se você não demonstrar amor verdadeiro e respeito verdadeiro por si mesmo, encontrará alguém que não ama nem respeita você.


“Encontrar o amor não significa encontrar outra pessoa, mas encontrar a si mesmo, porque você é amor a si mesmo. Quando você aceita que dentro de você já existe amor, então você manifestará amor em sua vida. E será da mesma qualidade e intensidade que você sente por si mesmo “.
(Ana Moreno)

Nunca é tarde demais para descobrir a si mesmo
Se você está satisfeito com seu relacionamento ou se ainda não encontrou um parceiro, nunca é tarde demais para se encontrar, para começar a cultivar seu “eu” a partir de dentro, em vez de buscar o amor. Segundo a escritora Ana Moreno, isso é muito simples, desde que você aja com amor, honestidade e respeito, se souber compartilhar com os outros e oferecê-los a eles.

O aspecto positivo dessa visão de amor é que você não precisará mais que ninguém se sinta satisfeito, não mais dependerá da busca por amor, não mais se importará com o que os outros pensam ou como eles reagirão às suas necessidades. Para chegar a este ponto, você deve realizar um intenso exercício de autoestima, de superação pessoal e de buscar seus valores, porque somente quando você sabe quem você é, você pode amar a si mesmo.


“Quanto mais você se dá bem, melhor é a sua vida. Isso não depende de como os outros o veem ”. (Ana Moreno)

Você não precisa de alguém para te completar
Você já é o suficiente, você não precisa de alguém para te completar. Seu parceiro pode ajudá-lo a ser uma pessoa melhor e tirar o melhor de você. Juntos, você pode começar um projeto de vida conjunta. Você pode crescer de mãos dadas, mas se você depende dele ou ele depende de você, você está condenado a arrastar um ao outro.

O amor não entrará em sua vida graças a alguém: será você quem o atrairá quando começar a nascer dentro.

Se você acredita que é digno o suficiente para criar amor em sua vida, evita desperdiçar suas energias em comportamentos inúteis, como viver em uma tentativa de agradar os outros ou de se mover de acordo com os desejos ou aspirações dos outros. Se você tentar ser uma pessoa que não é, não fará feliz nem a você nem a seu parceiro, mesmo que não acredite. Pense que, se a sua prioridade é fazer o outro feliz, sem pensar nas suas necessidades, no final você se sentirá ainda mais vazio e incompleto


Encontrar o amor significa encontrar a si mesmo

Muitas pessoas querem conhecer o amor de suas vidas, mas não sabem que, para encontrá-lo, precisam primeiro se encontrar.

De mulher para mulher, eu pergunto: por que você precisa de um parceiro? Para completar uma parte que você sente que está perdendo? Para preencher um vazio interior? Por que você tem medo de ficar sozinho ? Por que você se sente impotente sozinho? Se você ainda não descobriu, vou lhe dizer uma coisa: ter um parceiro não resolve nenhum dos seus problemas, pelo contrário, pode até piorá-lo.

Estabelecer uma relação do ponto de vista da codependência só pode levar a uma falha sentimental. Apenas com um relacionamento consciente é possível levar uma vida saudável a dois.

“Relacionamentos não são feitos para nos fazer felizes, mas para nos tornar conscientes”.(Raimon Samsó)

O amor verdadeiro nasce dentro de nós

As mulheres precisam se sentir amadas. Mas o amor verdadeiro nasce dentro delas. Uma mulher que ama a si mesma irradia amor e obtém amor. Você não pode atrair algo que não tem em sua vida.

“A maneira real de encontrar o amor é considerar-se feito de amor e decidir compartilhá-lo com o resto do mundo sem expectativas”. (Ana Moreno)

Se você não sentir que é feito de amor, acreditará que precisa ser completado por outra pessoa; entretanto, com esta necessidade de se completar, você acabará tentando possuir o outro e sentir-se uma nulidade sem ele / ela. Este é um comportamento muito egoísta, e o amor e o egoísmo não são conceitos compatíveis.

Ainda mais importante é considerar que, assim como você não pode atrair o amor se não estiver cheio de amor, retornará para você exatamente o que você oferece. Se você está ansioso para parecer quem você não é, você não vai conhecer pessoas autênticas. Se você não demonstrar amor verdadeiro e respeito verdadeiro por si mesmo, encontrará alguém que não ama nem respeita você.

“Encontrar o amor não significa encontrar outra pessoa, mas encontrar a si mesmo, porque você é amor a si mesmo. Quando você aceita que dentro de você já existe amor, então você manifestará amor em sua vida. E será da mesma qualidade e intensidade que você sente por si mesmo “. (Ana Moreno)



Nunca é tarde demais para descobrir a si mesmo

Se você está satisfeito com seu relacionamento ou se ainda não encontrou um parceiro, nunca é tarde demais para se encontrar, para começar a cultivar seu “eu” a partir de dentro, em vez de buscar o amor. Segundo a escritora Ana Moreno, isso é muito simples, desde que você aja com amor, honestidade e respeito, se souber compartilhar com os outros e oferecê-los a eles.

O aspecto positivo dessa visão de amor é que você não precisará mais que ninguém se sinta satisfeito, não mais dependerá da busca por amor, não mais se importará com o que os outros pensam ou como eles reagirão às suas necessidades. Para chegar a este ponto, você deve realizar um intenso exercício de autoestima, de superação pessoal e de buscar seus valores, porque somente quando você sabe quem você é, você pode amar a si mesmo.

“Quanto mais você se dá bem consigo mesmo, melhor é a sua vida. Isso não depende de como os outros o veem ”. (Ana Moreno)

Você não precisa de alguém para te completar
Você já é o suficiente, você não precisa de alguém para te completar. Seu parceiro pode ajudá-lo a ser uma pessoa melhor e tirar o melhor de você. Juntos, você pode começar um projeto de vida conjunta. Você pode crescer de mãos dadas, mas se você depende dele ou ele depende de você, você está condenado a arrastar um ao outro.

O amor não entrará em sua vida graças a alguém: será você quem o atrairá quando começar a nascer dentro.

Se você acredita que é digno o suficiente para criar amor em sua vida, evita desperdiçar suas energias em comportamentos inúteis, como viver em uma tentativa de agradar os outros ou de se mover de acordo com os desejos ou aspirações dos outros. Se você tentar ser uma pessoa que não é, não fará feliz nem a você nem a seu parceiro, mesmo que não acredite. Pense que, se a sua prioridade é fazer o outro feliz, sem pensar nas suas necessidades, no final você se sentirá ainda mais vazio e incompleto.

Livre adaptação do texto do site lamenteemeravigliosa

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!