O site Zoorpreendente conta uma bonita e emocionada história de amizade entre um homem e o seu companheiro inseparável.

A história se deu nas ruas de Michoacán, no México e foi protagonizada por Dom Raul e seu cãozinho Solevino. Alguém atropelou o animal e o deixou agonizante na rua. A imagem correu o mundo e sensibilizou pessoas por compreenderem que ainda existe no mundo amores verdadeiros.

Don Raúl, um humilde trabalhador em situação de rua,  ensinou a todos uma grande lição ao estrelar uma cena comovente em uma fotografia viral que quebrou o coração de milhares de internautas.

Foi essa imagem que chocou o mundo, os destituídos no chão chorando inconsolavelmente sobre o corpo de seu amigo incondicional.

Solovino era a única companhia desse homem há anos. Don Raúl mora nas ruas da cidade de Morelia, no estado mexicano de Michoacán, e trabalha em uma área comercial, onde se dedica a cuidar dos carros das pessoas em troca de algumas moedas.

Há um tempo, Solevino desapareceu e Dom Raul ficou desolado, espalhando cartazes pelo bairro.

Don Raúl apoiou seu filhote com o pouco que ele conseguiu ganhar com seu trabalho e a gentileza de algumas pessoas que às vezes lhe davam algo para comer. Apesar de sua condição difícil, sempre repartia tudo o que tinha com o seu filhote.

Ao verem o quão desolado ficou Dom Raul, prostrado no asfalto sobre seu filhote morto, simpatizantes tentaram ajudá-lo com apoio moral e material.

Fazemos questão de contar histórias como esta porque são capazes de reumanizar o humano. Todos devem recordar que, há poucas semanas, aqui no Brasil, um senhor simulou que iria ajudar a um outro humano em situação de rua e, de súbito, o socou.

Mostrar que um humano, mesmo em condições tão difíceis de vida, pode amar até mesmo um animal de modo tão absoluto é, sem dúvida, inspirador.

RECOMENDAMOS






Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!