Funcionários do ministério da Saúde em Butembo, leste da República Democrática do Congo, em 9 de março de 2019

Conforme noticiado pelo site Yahoo, a epidemia de ebola na região nordeste da República Democrática do Congo provocou 100 mortes em menos de três semanas e mais de 700 desde que foi declarada em agosto do ano passado, sendo que governo investiga ainda 295 casos suspeitos. esse é o balanço atualizado do Ministério da Saúde.

“Desde o começo da epidemia, o número de casos chega a 1.117, dos quais 1.051 confirmados e 66 prováveis. No total aconteceram 702 falecimentos (636 confirmados e 66 prováveis) e 339 pessoas curadas”, afirma um comunicado divulgado pelo ministério.

Segundo o governo do Congo, mais de 95.000 pessoas receberam uma dose de rVSV-Zebov dos laboratórios Merck, asseverando que essa campanha de vacinação salvou milhares de vidas.

Esta é a epidemia mais grave na história da doença desde a que matou mais de 10.000 pessoas na África ocidental em 2014.

Siga a Revista Pazes no Facebook, no Instagram e no Twitter!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!