Sem dúvida, há muitos bilionários no mundo que investem seu tempo pensando em maneiras de aumentar (ainda mais) sua riqueza e ficar mais ricos.

Eles ostentam seu dinheiro nas redes sociais e fazem as compras mais esnobes e caras, que por vezes custam tanto que poderiam alimentar um pequeno país inteiro.

Mas, também há bilionários que doam milhões de dólares para várias organizações sem fins lucrativos para garantir que continuem a mudar e melhorar a vida das pessoas.

Leia também“Que a partida da Selena seja o início de uma nova revolução”, escreve a mãe de menina que morreu em ataque a escola

É o que o casal bilionário Rob e Karen Hale tem feito sem parar nas últimas 52 semanas. Na verdade, eles são filantropos há muito tempo. Mas, recentemente, o casal tem se concentrado em doar seu dinheiro para organizações menores.

Rob é o co-fundador e presidente da ONG Granite Telecommunications, bem como o co-proprietário do Boston Celtics. De acordo com as estimativas da Forbes, o Boston agora vale cerca de R$ 27 bilhões.

Com mais dinheiro do que jamais poderiam gastar com seus lucros na Granite Telecommunications e no Boston Celtics, Rob e Karen sabem como são verdadeiramente abençoados e afortunados.

É por isso que eles são a favor de estender suas bênçãos e boas novas à sua comunidade, que pode se beneficiar significativamente de suas contribuições financeiras e doações.

No final de setembro, o casal doou US$ 28,5 milhões (cerca de R$ 150 milhões) para 29 organizações sem fins lucrativos, algumas das quais estão envolvidas em programas de combate ao câncer e meio ambiente.

Os Hales também contribuíram com organizações que lidam com questões de abrigo na República Dominicana e iniciativas que visam fornecer maior acesso aos jovens de Boston que desejam ser ativos em missões de serviço, como o voluntariado.

O casal bilionário sabe que muitas pequenas organizações com grandes causas e projetos carecem de financiamento e apoio financeiro.

Para garantir que essas entidades permaneçam sustentáveis, Rob e Karen doam dinheiro como doações de caridade. Dessa forma, as ONGs sem fins lucrativos podem gerar fluxos de receita anuais dos quais podem usar uma determinada porcentagem.

Muitas dessas doações de milhões de dólares e fundos de caridade apoiam organizações sem fins lucrativos como a South Short Stars, que fornece educação infantil de qualidade e programas de desenvolvimento de jovens para as comunidades do sul de Boston, e a Fundação Joe Andruzzi, que ajuda pacientes com câncer.

Além disso, os Hales também doaram milhões de dólares para vários hospitais e instituições em Boston, incluindo o Domestic Violence Ended (DOVE), com o financiamento impactando diretamente as vítimas e sobreviventes e possivelmente construindo um novo prédio para a organização.

O Ron Burton Training Village, um acampamento administrado por Steve e Paul Burton da WBZ-TV, é outro destinatário dessas doações de um milhão de dólares.

Muitas dessas organizações sem fins lucrativos geram receitas anuais de menos de US$ 5 milhões. Eles também foram alguns dos mais atingidos pela pandemia.

Afinal, era um desafio para essas organizações sem fins lucrativos contratar pessoas ou realizar eventos de arrecadação de fundos virtualmente.

Com as doações de caridade dos Hales, o ‘milhão de dólares’ doado (equivalente a R$ 5 milhões) pode crescer com o tempo se outras entidades investirem neles. Dessa forma, eles podem ter um futuro mais estável, sem se preocupar com onde obter o financiamento e apenas se concentrar em fazer o trabalho real.

Basta dizer que os Hales encontram felicidade em fazer essas generosas doações. Para eles, o maior presente é saber que estão ajudando pessoas que vão ajudar outras pessoas.

E o melhor disso tudo é que os Hales não são os únicos que compartilham sua riqueza.

À medida que os bilionários do mundo aumentam sua riqueza, eles também encontram maneiras de doar parte de seu excesso de riqueza. Como Rob Hale, Warren Buffett e MacKenzie Scott, esses bilionários e magnatas dos negócios estão usando seu dinheiro e recursos para diminuir a diferença de riqueza.

Com a generosa ajuda financeira de Rob e Kate Hale, eles podem garantir que essas organizações impactantes continuem a prosperar e forneçam um pouco de estabilidade financeira nesses tempos incertos.

Confira o vídeo:

Leia tambémFilme com exemplo REAL de superação tem arrebatado corações, na Netflix

Fonte: MPO

Compartilhe o post com seus amigos! 😉






Gabriel tem 24 anos, mora em Belo Horizonte e trabalha com redação desde 2017. De lá pra cá, já escreveu em blogs de astronomia, mídia positiva, direito, viagens, animais e até moda, com mais de 10 mil textos assinados até aqui.