Conforme noticiado pelo site G1, o prefeito licenciado de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), foi intubado e transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital Sírio-Libanês, no Centro da capital paulista, após a descoberta de um sangramento no estômago, na manhã desta segunda-feira (3).

Também de acordo com o publicado pelo G1, essa transferência para a UTI ocorreu tão logo um exame de endoscopia mostrou que havia “um sangramento era causado por uma úlcera, em cima do tumor original que ele enfrenta na cárdia, que é a passagem do esôfago para o estômago. Segundo o médico David Uip, que compõe o corpo clínico que cuida do prefeito, o sangramento foi controlado pelo endocopista”.

Diante do novo quadro e da transferência para a UTI, foram suspensas as sessões de quimioterapia e imunoterapia que o prefeito faria nesta segunda.

Segundo análise dos médico, esse tipo de ocorrência, embora não é desejável, faz parte de um quadro de tratamento que o prefeito passa atualmente.

Ao tomar conhecimento do estado de saúde do prefeito, o governador de São Paulo, João Dória, publicou mensagem de apoio ao companheiro tucano:

Força guerreiro! Estamos em oração pela sua recuperação. Tenho certeza que em breve estará novamente fazendo o que ama: cuidar dos paulistanos”.

A Revista Pazes apoia as medidas sociais de isolamento.
Se puder, fique em casa. Evite aglomerações. Use máscara.
Quando chegar a sua vez, vacine-se.
A vida agradece!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!