Apesar da falta de apoio do poder público e de inúmeras dificuldades para mobilizar o dinheiro necessário pra empreender a viagem (organizando rifas, feijoadas etc), o Coral Juvenil São Vicente a Cappella, formado por alunos e ex-estudantes do Colégio São Vicente de Paulo, no Rio de Janeiro, saiu vitorioso do maior festival de música jovem de orquestras, coros e bandas do mundo, o Summa Cum Laude, realizado em Viena, na Áustria.

Uma orquestra latino-americana jamais havia participado do festival. “A ideia de vir pra cá foi a ideia de trazer o Brasil para a Europa e mostrar que nós temos educação musical de qualidade, apesar de muitas dificuldades”, comentou Patrícia Costa, fundadora e regente do coral, em entrevista para o jornal O Globo.

O grupo, formado por 34 jovens entre 11 e 23 anos, desenvolve seu repertório sem acompanhamento instrumental, explorando peças nacionais e internacionais de considerável grau de dificuldade e abrangendo períodos diversos.

Criado há 20 anos, o grupo desempenha hoje um importante papel no cenário musical brasileiro, tendo se tornado uma referência nacional e inspirado outros adolescentes para a atividade do canto.

A conquista histórica do primeiro lugar no Summa Cum Laude coroa um ano e meio de trabalho desenvolvido pela formação atual do grupo e chama a atenção para a necessidade de que o poder público reconheça a importância da educação musical para a formação dos nossos jovens, ampliando os investimentos na área.

Confira o vídeo:

Com informações de Jornal O Globo e SRZD

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!