Uma jovem modelo do Texas, EUA, chamada Monica Riley tinha como principal objetivo estético algo pouco provável para uma modelo da sua idade: sua meta não era ter um corpo esbelto e ágil ou ter qualidade de vida. Ela e o companheiro arquitetaram uma fantasia macabra: ela teria que engordar até que não conseguisse mais se movimentar sozinha, ou alcançar a meta de pesar 455 quilos.

Reportagens sobre ela deram notícia de que o marido não só a incentivava como a alimentava, valendo-se até mesmo de um funil para auxiliar a “amada” em seu ganho de peso.

Em certa entrevista, ela afirmou que já havia chegado aos 445 quilos e que lhe faltava, portanto, 10 quilos para alcançar a meta. Segundo ela, tratava-se de uma fantasia do casal:

“É uma fantasia íntimas para nós [a jovem e o companheiro] e falamos muito sobre isso”, afirmou em declaração publicada no Metro, Monica disse que se sentiria uma rainha com todo esse peso e que, além de tudo, teria a companhia do namorado:

Monica Riley sendo alimentada pelo marido.

Ela mal sabia onde essa fantasia a levaria em breve tempo.






Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!