Quando falamos de pessoas e relações, estamos automaticamente falando de Psicologia. É impossível falarmos de nossos relacionamentos pessoais, coleguismos corporativos, contatos, amizades e relações interpessoais como um todo sem associá-los a fatores psicológicos e de comportamento.

Você já parou para pensar na qualidade de suas relações corporativas? Ou já se perguntou como construir relações voltadas ao trabalho? São questões como essas que rondam a mente da maioria dos profissionais hoje em dia.

O networking se tornou um fator essencial na carreira de qualquer pessoa, não só no mundo digital como dentro das grandes empresas. Para se destacar no mercado e ter oportunidades para mostrar suas potencialidades é necessário ter contatos e fazer boas conexões.

Apesar dessa ideia existir desde muito tempo, só agora as pessoas estão dando a devida importância de forma ativa ao networking. Finalmente os profissionais estão falando sobre o assunto e difundindo a relevância das relações para o mercado de trabalho.

A psicologia entrará nesse tema como uma base e fonte de conhecimento para aprimorar essas relações e ajudar as pessoas que buscam se desvencilhar de comportamentos limitantes em relação ao networking.

Neste artigo iremos te mostrar como o networking funciona e a importância da psicologia para melhorar as relações e conexões profissionais. Acompanhe!

O que é networking?

O termo network traduzido para o português significa basicamente rede de trabalho, onde net é rede e work é trabalho. Quando falamos o termo networking é justamente sobre a ação em si dessa rede de trabalho, é sobre se conectar com pessoas com objetivos relacionados aos seus.

Desde a faculdade sempre escutamos falar sobre a importância de criar contatos com pessoas que poderão nos ajudar no futuro profissional. Essa ideia sempre existiu muito antes da inserção no mercado de trabalho, pois as boas relações são o que geram grandes oportunidades.

Você já se comparou com outras pessoas do seu ramo de trabalho? Ou já se frustrou por não obter as mesmas oportunidades? Se sim, você também já vivenciou na pele a importância do networking.

Para muitas pessoas essas atitudes podem transparecer interesse ou criar amizades com segundas intenções e tudo isso pode vir carregado de uma conotação negativa. Porém, devemos analisar qual a natureza das nossas relações e saber separar de forma transparente todas elas.

Você já deve ter ouvido a expressão do “mundo pequeno” em algum momento, mesmo que em outros contextos. Pois bem, essa expressão é ainda mais verdadeira se tratando da área profissional.

Se pararmos para pensar, estamos inseridos em uma rede de pessoas interligadas umas com as outras e em algum lugar dessa rede estará alguém com quem você gostaria de trabalhar. O networking é sobre entender quais pessoas estão entre você nessa rede e como criar contatos.

Cada conversa que temos na rua, nas festas ou até mesmo na fila do supermercado será uma grande oportunidade de criar contatos e se conectar com pessoas. Em contrapartida, ter apenas contatos não é o que garantirá seu networking, pois é preciso ir muito além de conversas banais, criar relações mais sólidas e desenvolver relacionamentos.

Nada adianta obter vários contatos se nenhum deles irá atender uma ligação sua em uma tarde corrida, por exemplo, ou se nenhum contato te responde no Whatsapp. É preciso analisar a qualidade dessas relações e de que forma você poderá trocar com essas pessoas.

Como fazer networking?

Você sente dificuldade em se conectar com as pessoas? Não sabe como começar uma conversa produtiva ou ser mais profissional?

Pensando em tudo isso separamos algumas dicas e informações valiosas que irão te ajudar no processo de networking e tornar tudo isso muito mais leve e possível.

É muito importante ressaltar que o verdadeiro networking é baseado na troca. Nesse caso, devemos sempre ter em mente que uma boa conversa não envolve apenas falar e sim ouvir. E isso é um dos princípios da Psicologia.

Pratique a escuta ativa

É preciso dialogar de forma correta, ouvindo atentamente as pessoas muito mais do que falando. Quando desenvolvemos boas conversas seremos facilmente lembrados e garantimos um relacionamento mais sólido.

A Psicologia nos traz vários conceitos sobre a atenção plena e a escuta ativa. Apesar dessa escuta ativa ser uma técnica aplicada pelos psicólogos em consultório, temos muito a aprender com esse termo. Esse conceito é sobre compreender o que o outro está falando, ouvi-lo atentamente e interpretar o que está sendo dito.

A maiorias das pessoas hoje em dia não dialoga, isso porque elas escutam o outro já pensando e elaborando o que irão responder. É muito importante não cometer esse grande erro durante o networking, pois estar presente na escuta é essencial para qualidade de suas conversas e irá refletir na excelência de seus contatos.

Aproveite as oportunidades de diálogo 

Utilize todas as oportunidades para falar sobre o seu trabalho. Busque sempre associar os seus serviços e seu trabalho em todos os contextos cabíveis, sem ser repetitivo.

Por exemplo, se alguém te perguntar sobre o que você está fazendo, utilize essa oportunidade para falar sobre o seu trabalho de alguma forma e o quanto você tem a agregar com ele.

Tenha um companheiro no networking ou um colega de trabalho sempre junto se possível. Estar acompanhado de outras pessoas diminui um pouco a pressão do momento e torna todos os diálogos mais ricos, criando maiores possibilidades dentro de uma conversa.

Saiba selecionar os assuntos certos

Selecione os assuntos que irá abordar durante o networking, busque ligar os conteúdos relacionados a seu trabalho com os interesses e pensamentos da outra pessoa.

Saber desenvolver diálogos sobre assuntos relacionados ao trabalho de forma leve é um grande diferencial no mercado e no networking.

LinkedIn e networking

Outra maneira de estar ainda mais disponível no mercado é por meio das redes sociais, principalmente o LinkedIn, que é uma rede social voltada exclusivamente para o mercado de trabalho. Nele estarão reunidos todos os grandes profissionais de cada área, desde os CEO’s das empresas até os estagiários da mesma empresa.

O LinkedIn é uma ferramenta muito utilizada para networking e vem trazendo grandes resultados para a maioria das pessoas. Nela você possui uma rede de amigos e consegue ter acesso a contatos importantes com muito mais facilidade.

Para fazer um networking de qualidade no LinkedIn é importante atualizar sua página frequentemente, sempre trazendo informações novas sobre seus trabalhos e até mesmo mostrando seus projetos futuros.

Personalize seu estilo de comunicação e mostre suas potencialidades para além das ferramentas do LinkedIn. É bem comum que as pessoas criem blogs e sites pessoais para compartilhar ideias e projetos que vão além das redes sociais.

O LinkedIn é uma ótima plataforma para quem busca estar em evidência no mercado e funciona como um currículo digital, ou seja, pessoas que divulgam outros sites e plataformas pessoais agregam muito mais valor ao perfil.

Networking muito além do LinkedIn

Com os serviços de hospedagem de sites e domínio cada vez mais acessíveis, o número de pessoas que buscam criar seus sites só tende a aumentar no mercado.

Isso significa que grande parte dos profissionais já se atentaram para a importância de uma comunicação mais personalizada e da necessidade de criar canais próprios como sites e blogs pessoais.

Para você que busca aprimorar ainda mais o network, chamar a atenção de possíveis contatos e aumentar a qualidade do público é fundamental ter um canal exclusivo.

Para começar, basta pesquisar por empresas que forneçam serviços de hospedagem de sites e criar um espaço virtual exclusivo e com liberdade de conteúdo. Tudo isso irá contar muito no seu currículo online.

Como a Psicologia ajuda no networking

Criar vínculos e conhecer pessoas novas muitas vezes pode ser bastante desafiador para alguns. A psicologia servirá como facilitadora desse processo e pode te ajudar a tornar essas relações muito mais leves e possíveis. Em outros casos, ela nos ajuda a compreender e lidar com as frustrações que envolvem os relacionamentos interpessoais.

O processo de interação humana é complexo e envolve uma conjuntura de fatores que quase sempre são imprevisíveis. Você já se sentiu mal compreendido em algum momento? Ou se decepcionou com a resposta de alguém durante uma conversa? Tudo isso acontece o tempo todo nos nossos diálogos e até mesmo com pessoas que possuímos relações sólidas

Tudo isso acontece, pois somos uma soma de subjetividades, influenciados pelo ambiente externo, carregados de expectativas e experiências que irão mudar completamente a forma como interpretamos determinada frase. Entender a unicidade de cada um é o primeiro passo para se relacionar bem e por consequência melhorar o networking.

Quando falamos sobre as influências do ambiente externo, é importante ressaltar também sobre os fatores internos e psicológicos que envolvem cada indivíduo. A saúde mental é algo fundamental para qualidade das nossas relações.

Investir na psicologia e na nossa saúde psíquica é o principal caminho para pessoas que buscam aprimorar o networking. Hoje em dia, as consultas com psicólogos estão cada vez mais acessíveis a todos, independente da abordagem. Para quem prefere atendimentos online, a internet está cheia de sites e plataformas que disponibilizam atendimento psicológico.

Para os psicólogos que também buscam maior engajamento e networking, investir nas plataformas online tem sido um grande diferencial no mercado. Para criar essas plataformas de atendimento online e personalizado é preciso contratar empresas que fornecem serviços de hospedagem de sites e um domínio.

Uma das dicas é que os planos de hospedagem de sites nacionais são atualmente as mais acessíveis no mercado e oferecem diversos serviços em conjunto como a instalação de CMS’s para criação de sites e blogs.

Conclusão

Se conectar com pessoas e criar vínculos profissionais nunca foi tão fácil como nos dias de hoje. Com as ferramentas digitais, redes sociais e atendimentos psicológicos online tudo fica muito menos complicado.

Aproveite as informações disponibilizadas na internet, usufrua das plataformas digitais facilitadoras do networking, ouça podcasts sobre o assunto no Spotify e esteja sempre disponível para novos eventos.

A Psicologia é uma ciência acessível para todos e pode exercer uma função decisiva na qualidade das relações e do networking. Esteja atento para as dicas desse artigo e busque sempre estar aberto para novos conhecimentos.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!