Lastimável constatar o número de mortos na grande Recife na da de hoje. Já são 28 o número de mortes em deslizamentos de barreira confirmada, chegando a 33 o número de óbitos devido às fortes chuvas que atingem a Região Metropolitana e a Zona da Mata desde o início da semana.

No Recife, além de uma morte no Córrego do Jenipapo e outra no Sítio dos Pintos, outras 20 pessoas morreram devido a um deslizamento de terra na comunidade Jardim Monte Verde, no bairro do Ibura, na Zona Sul da capital pernambucana.

De acordo com o site g1, em Camaragibe, no Grande Recife, seis pessoas morreram após um deslizamento de barreira na manhã deste sábado (28). Os nomes e as idades das vítimas não foram divulgados até a última atualização desta reportagem.

De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), Camaragibe registrou 129 milímetros e o Recife contabilizou 150 milímetros até o início da tarde deste sábado (28). De manhã, as outras duas vítimas que morreram na capital pernambucana foram:

Claudemir Barbosa: 18 anos, morreu soterrado após o deslizamento de uma barreira na Rua Padre Antônio Prado, no Córrego do Jenipapo, na Zona Norte do Recife, por volta das 4h. O corpo do jovem foi encontrado por volta das 9h.
Luciano José de Santana: 47 anos, morreu soterrado após um deslizamento de barreira no Sítio dos Pintos, na Zona Oeste do Recife, por volta da meia-noite e meia.

Além dos óbitos, as chuvas fizeram com que quase mil pessoas deixassem as casas onde moram por causa dos alagamentos e deslizamentos de terra.

Abaixo, reportagem da CNN mostra a gravidade da situação em Recife, na data de hoje:

 

RECOMENDAMOS






Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!