Capitão Tom Moore conseguiu milhões para o NHS, o sistema de saúde britânico — Foto: HANNAH INGRAM-MOORE

Falece hoje Sir Tom Moore, um capitão do exército inglês, veterano da Segunda Guerra Mundial que foi um exemplo de inspiração em todo o globo nesta pandemia. Ele realizou uma campanha de arrecadação para arrecadar doações para o sistema público de saúde do Reino Unido e tornou-se protagonista de uma das belas histórias destes nossos tempos sombrios. Embora tanto tenha feito para que vidas fossem salvas do coronavírus, ele morreu com Covid-19 e pneumonia nesta terça-feira (2).

Internado no último domingo, dia 31, hoje a informação de sua morte foi divulgada por familiares: “É com grande tristeza que nós anunciamos a morte do nosso querido pai, capitão Sir Tom Moore, escreveram suas filhas em um comunicado.

O veterano de guerra se encontrava isolado em sua casa, em Londres, desde abril de 2019, quando, em seu isolamento, gravou um vídeo no qual afirmou que daria 100 voltas em seu próprio quintal, com seu andador, se as pessoas doassem dinheiro para o NHS (sistema de saúde que inspirou o SUS).

Seu desafio mexeu com o coração das pessoas e ele, que se contentaria em arrecadar mil libras, arrecadou uma soma superior a 30 milhões de libras (cerca de R$ 224 milhões de reais) e acabou condecorado cavalheiro pela rainha Elizabeth II.

Conforme publicado pelo site G1, o Palácio de Buckingham, em nota, afirmou que a rainha britânica enviará uma mensagem privada de condolências à família do capitão. “Seus pensamentos — e os da família real — estão com eles, reconhecendo a inspiração que ele forneceu para toda a nação e outras pessoas em todo o mundo”.

Fonte G1

A Revista Pazes apoia as medidas
de isolamento social para conter o avanço do novo coronavírus.
#FiqueEmCasa #SeSairUseMáscara

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!