Não raro ficamos impressionados com a dedicação e a lealdade dos cães aos seus donos. Esta história é capaz de dissipar todas as dúvidas quanto à grandeza e a incondicionalidade do amor que esses seres tão nobres entregam aos homens.

Vamos falar sobre Zozo e o seu caso de amor eterno para com o seu dono, caso que sequer a morte conseguiu destruir.


Zozo foi adotado quando tinha apenas uma semana de vida, pois ficou órfão. O seu adotante foi Zafer Öztürk e este lhe deu adestramento, amizade, alimentação e amor…

Passou a ser tratado como um novo filho em sua casa. Um verdadeiro parente de 4 patas.

Em 2014, Zafer ficou gravemente doente e veio a óbito pouco tempo depois. Zozo ficou fortemente abatido e a própria família notou uma mudança distinta no companheiro de luto.

A família, contudo, só percebeu a gravidade do abatimento do animal quando foram visitar o túmulo pela primeira vez. Zozo deitou-se sobre o túmulo e ali se aconchegou, como se quisesse aproximar-se um tanto mais do seu amado dono.

Zozo não queria mais ir embora: queria ficar ali, sobre o túmulo de seu querido “pai”.

Depois desta primeira visita, Zozo foge de casa todos os dias para ir ao túmulo para lamentar a perda de seu pai. Não importa qual membro da família amorosa cuidasse de Zozo, ninguém poderia substituir Zafer.

Se isso não mostra amor incondicional e leal … então nada mostrará! Zozo sabe o que significa verdadeiramente ser o melhor amigo do homem.

Fonte: I Love My Dog

Venha conosco para nossas páginas no Facebook e Instragram.

A Revista Pazes apoia as medidas
de isolamento social para conter o avanço do novo coronavírus.
#FiqueEmCasa #SeSairUseMáscara

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!