Fotos de um momento muito triste, recheado grande pânico, mostram o momento que uma cachorra morre abraçada ao seu dono por causa de uma queima de fogos na Argentina, no último sábado (14).

Trata-se da cadela Magüí: era uma boxer fêmea adulta que, infelizmente, teve uma parada cardíaca durante a queima de fogos na cidade de Chubut.

A publicação foi compartilhada na página do Facebook da ONG Amigos dos Animais Esquel (EDAE) logo depois de um relato emocionante de Antonella Modasjazh.

De acordo com a tutora, Magüí era parte da família, já era velhinha e tinha horror a fogos. “Não sabíamos mais onde a colocar enquanto os outros se divertiam. Ela estava tendo um momento difícil. Magüí morreu nos braços do meu filho enquanto ele implorava para que eu chamasse alguém para ajudá-la”.

Em um relato bastante emocionante, Antonella desabafou e afirmou que a diversão das pessoas atordoou a cachorra, a assustou, e gerou um pânico inexplicável.

“A sua diversão a matou”.

Postagem sobre o caso rendeu mais de 14 mil compartilhamentos e tem comovido internautas.

“Essa família perdeu um integrante, um valioso integrante. Seu animal de estimação, sua amiga, sua velhinha. Manifestamos o nosso repúdio àqueles que causaram esta dor, e nos solidarizamos com a família de Magüí.

Fonte:Ricmais

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!