Anna Luisa Beserra é uma inventora que ganhou o prêmio Young Earth Champions, oferecido pela Organização das Nações Unidas (Organização das Nações Unidas), pela criação de um filtro que purifica água com a energia fornecida pela luz solar.

O prêmio é dado a jovens empreendedores com idade de 18 a 30 anos com ideias capazes de resolver grandes problemas ambientais.

Ana é a primeira brasileira a ganhar o prêmio mundial, no ano de 2019.

A ideia partiu ainda no seu ensino médio, com o objetivo de projetar um produto para o Prêmio CNPq Jovens Cientistas (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) com apenas 15 anos.

Na faculdade e Biotecnologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA), ela passou a aperfeiçoar o projeto que ganhou o nome de Aqualuz.

O aparelho purifica a água da chuva capturada por cisternas em regiões rurais por meio da radiação solar, que durante determinado período de exposição elimina os microrganismos causadores de doenças, sem contaminação química. Quando a água está apta ao consumo, a cor do indicador muda.

Esse inovador sistema é super independente, apenas dependente da luz do Sol, e muito duradouro, com 20 anos de vida útil, sem necessidade de manutenções ou eletricidade.

Foram cerca de 6 anos para se desenvolver e atualmente são 5 estados com Aqualuz, com mais de 250 famílias, mais de 500 beneficiários.

Esse projeto revolucionário proporciona qualidade vida à pessoas carentes sem saneamento básico. Viva essa iniciativa!

Fonte indicada e adaptada: NATION

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Mariana Ribeiro
É amante de sagas, sonha ser cineastra e é do tipo que chora rios inteiros lendo livros. Já coleciona 14 primaveras, escreve poemas, ama Raul e Legião.