O filme de David Frankel, de 1916, é uma obra primorosa.

Após uma tragédia pessoal (morte da filha), Howard (Will Smith) entra em depressão e passa a escrever cartas para a Morte, o Tempo e o Amor – algo que preocupa seus amigos. Ele praticamente abandona a gestão da empresa de que é sócio e presidente, separa-se da esposa e vive num mundo muito seu. Quase um mundo paralelo de negação e dor.

Mas o que parece impossível se torna realidade quando essas três partes do universo decidem responder. A Morte (Helen Mirren), Tempo (Jacob Latimore) e Amor (Keira Knightley) vão tentar ensinar o valor da vida para o protagonista.

O roteiro é sensacional e o desfecho faz valer, por si só, cada minuto dispensado ao filme. Confira o trailler!

A Revista Pazes apoia as medidas
de isolamento social para conter o avanço do novo coronavírus.
#FiqueEmCasa #SeSairUseMáscara

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!