Conforme anunciado nesta tarde pelo site g1, o ator e humorista Ivanildo Gomes Nogueira, de 61 anos, conhecido como Batoré, morreu nesta segunda-feira (10), em São Paulo. Também segundo publicado, ele estava com câncer.

Batoré morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Pirituba, Zona Norte da capital. “As informações médicas foram repassadas à família e a Secretaria Municipal de Saúde lamenta o ocorrido”, diz nota da Prefeitura.

Ivanildo nasceu em Serra Talhada, em Pernambuco, e se mudou para São Paulo ainda criança. Antes de se tornar ator, jogou futebol nas categorias de base em times paulistas.

Com seu principal personagem, Batoré, Ivanildo integrou o elenco do programa “A Praça é Nossa”, do SBT. Em 2016, foi contratado pela Rede Globo para a novela “Velho Chico” em que fez o papel do delegado Queiroz.

Batoré também foi vereador de Mauá, na Grande São Paulo, por dois mandatos pelo PP.

Em recente Nos anos 1980, teve suas primeiras aparições na televisão no programa Show de Calouros, no SBT. Mas foi na década seguinte, interpretando o personagem Batoré em A Praça é nossa, na mesma emissora, que Batoré ganhou fama nacional com seus bordões “Você é forgaaaado!”, “Ah, para, ô!” e “Você acha que é bonito ser feio?”.

Em recente entrevista ao Domingo Espetacular, ele contou sobre a origem do personagem. “Eu quis fazer essa homenagem ao Nordeste. E aí eu fiz essa homenagem e graças a Deus é um dos mais queridos”, diz ele.

Em 2008, Ivanildo foi eleito vereador em Mauá com 4.778 votos, e ainda seria reeleito em 2012 no município da Grande São Paulo. No entanto, dois anos depois, a Justiça Eleitoral o afastou do cargo após uma mudança de partido, considerando a manobra como “infidelidade partidária”.

Depois da carreira na política, voltou à televisão para interpretar o Delegado Queiróz na novela Velho Chico, na Globo, em 2016. Três anos depois, Ivanildo retornou à Praça é Nossa após 15 anos para interpretar novamente o personagem que o havia tornado conhecido em todo o país.

RECOMENDAMOS






Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!