Com informações de Bored Panda
Amar borboletas é algo comum. Sua fragilidade, sua força, sua sutileza diante das adversidades da vida são encantadoras. No mais, personificam a metamorfose das almas ao transitarem de larva à lagarta, e de lagarta à borboleta.

Embora tantos amem esses dóceis animais, poucos são capazes de dedicar a eles o seu tempo e as suas habilidades.

Em razão disso, a ação da figurinista Romy McCloskey do Texas, nos Estados Unidos, ganhou as redes sociais. Ela encontrou uma borboleta com uma asinha quebrada e resolveu suturá-la, na tentativa de restabelecer a mobilidade daquele pequenino e recém chegado ser.

Romy tem um borboletário e, certo dia, notou que a asinha direita de uma de suas borboletas estava quebrada.

Imobilizou a borboleta, arco de arame, palito de dente, cimento de contato, cotonete, tesoura, pinça, talco e asa de uma borboleta que tinha morrido alguns dias antes.


As asinhas não tem receptores de dor, afirma Romy. Assim, nem a quebra nem a restauração ocasionaram dor alguma.

Com paciência e firmeza, Romy colou a nova asa.

No dia seguinte, que bela surpresa:

“Com uma volta rápida ao redor do quintal e um pouco de descanso em um arbusto, ele estava livre! Uma cirurgia bem-sucedida! Tchau, amiguinho! Boa sorte.”

Gostou da história? COMPRATILHE!

Créditos de Imagens: Romy McCloskey

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!


COMENTÁRIOS