Um samurai chamado Nobushige encontrou o mestre Hakuin numa estrada.
“Mestre, existem realmente um paraíso e um inferno?”
“Quem és tu?”, perguntou Hakuin.
“Um samurai”, respondeu o outro.
“Tu, um guerreiro?!”, exclamou Hakuin. “Não me faça rir, tu pareces um mendigo”. ´


Isso foi como uma ofensa para o samurai, que desembainhou a espada.
E Hakuin continuou a provocação.
“Ah, e ainda tens uma espada! Será que ela é afiada o suficiente para cortar a minha cabeça?”, perguntou.
Cego de fúria, o samurai levantou a espada, pronto para decepar Hakuin.
O mestre, muito calmo, levantou um dedo.

“Aqui se abrem, as portas do inferno”, disse Hakuin.
Diante dessas palavras o samurai se deteve e compreendendo o ensinamento do mestre, guardou aespada e fez uma reverência.
“Aqui se abrem, as portas do paraíso”, concluiu o mestre.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!