Já se perguntaram por que razão boa parte das bonecas (aliás, as mais vendidas, como por exemplo a “Barbie”) com as quais as crianças brincam representam frequentemente mulheres adultas, cheias de maquiagem, excessivamente magras e, muitas vezes, sensuais?

Em vários sentidos, ao longo de décadas, bonecas com essas características tem fomentado e solidificado na mentalidade das crianças um determinado estereótipo de feminilidade e uma certa idealização da vida adulta que, dentre outras coisas, promovem o que comumente se chama de “amadurecimento precoce”. Um distanciamento precoce da infância.

Felizmente, empresas tem começado a se preocuparem mais com a fabricação de bonecas parecidas com crianças, para que estas se identifiquem com as mesmas. Foi com essa perspectiva que a artista Sonia Singh criou o projeto Tree Change Dolls, retirando toda a maquilhagem das bonecas em segunda mão e dando a elas um ar infantil. Confira:

Com informações de Sabias Palavras

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!