“Não digo ‘todes’ porque não faz parte da Language Academy. E se ele rejeitar seu uso, veja o que você quer que ele diga. O que quer que a Real Academia da Língua me diga, eu vou junto ”, expressou a apresentadora Ana Ruiz, do programa Lingo do Canal Sur, da Espanha.

Nos últimos anos, as lutas pela inclusão das minorias têm gerado debates acalorados sobre o que é certo e o que não é em termos de muitos aspectos que eram dados como certos. Um deles é o uso de uma linguagem inclusiva, que algumas pessoas defendem como necessária e outras a rejeitam abertamente como uma aberração .

Recentemente na Espanha surgiu uma polêmica após um apresentador de televisão se recusar a usar esse tipo de linguagem , caracterizada por usar a letra “e” no final de cada palavra para falar em um gênero neutro, nem feminino nem masculino .

Canal Sul

Durante o game show Lingo , transmitido pelo Canal Sur , a atriz Ana Ruiz se recusou a usar a palavra “todes” para se referir a todas as pessoas em geral e de forma neutra .

“Olá a todos, e não digo ‘ todes ‘ porque não é dentro da Language Academy. E se ele rejeitar o seu uso, então que você quer que eu diga? “, disse Ruiz quando apresentou o programa e começou enquanto cumprimentava os participantes.

“O que quer que a Royal Academy of the Language diga para mim, eu vou concordar, porque é o que me ilumina, o que me orienta e não só eu, nossos concorrentes também”, acrescentou Ruiz em suas palavras .

A Real Academia Espanhola rejeitou veementemente qualquer modificação de gênero neutro nas palavras neste idioma , porque eles sustentam que o uso do plural masculino se refere a ambos os sexos. Porém, conforme divulgado pela ABC , essa situação gerou um debate nas redes sociais porque nem todos concordaram com o que o apresentador disse .

Muitos se dedicaram a insultar Ruiz pelo que ele disse e a descreveu como ” vergonhosa “, mas outros também se manifestaram para apoiar sua posição.

Via UPSOCL

RECOMENDAMOS






Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!