Conforme publicado pela Vogue Brasil, o estilista Marc Jacobs protagonizou uma bonita situação nas redes sociais, nos últimos dias.

Como sabemos, os Estados Unidos vivencia uma onda de manifestações por vezes violentas desencadeada pelo homicídio de George Floyd. Em um desses protestos, deixaram, dentre as lojas vandalizadas em várias cidades americanas, algumas boutiques de luxo como a Marc Jacobs. O estilista que dá nome à grife, contudo, fez uma defesa dos manifestantes nas redes sociais.

Em uma postagem no Instagram, ele argumentou que a população negra já é vítima de vários tipos de violência há muitos anos, mas suas vidas, ao contrário das lojas, não podem ser substituídas.

“Nunca deixe te convencerem que vidros ou propriedades destruídas é violência. Fome é violência. Não ter casa é violência. Guerra é violência. Soltar bombas em pessoas é violência. Racismo é violência. Supremacia branca é violência. Pobreza é violência. A contaminação do lençol freático para obtenção de lucro é violência. Propriedade pode ser substituída. Vidas humanas, não”, postou Marc em seu perfil no Instagram.



O texto original é de autoria de um perfil chamado de FirstSevenDesignLabs, mas foi repostado por Marc na rede social e acabou viralizando.

Venha conosco para nossas páginas no Facebook e Instragram.

A Revista Pazes apoia as medidas
de isolamento social para conter o avanço do novo coronavírus.
#FiqueEmCasa #SeSairUseMáscara

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!