Em poucos dias para completar seu 117° aniversário, Lucile Randon, a irmã Andree viralizou ao se tornar a segunda pessoa mais velha a se curar da Covid-19.

A senhorinha centenária passou 16 dias isolada em seu quarto na casa de repouso onde vive, em Toulon, na França. Não teve sequer sintomas graves. 80 de seus colegas tiveram a doença, e 10 deles não resistiram.

Lucile nasceu em 11 de fevereiro de 1904, em Ales, e sua idade recorde é reconhecida pelo Grupo de Pesquisas de Gerontologia, e só perde para Kane Tanaka, que nasceu em 2 de janeiro de 1903 e completou 118 anos recentemente.

Irma Andree se recorda do tempo em que trabalhou como governanta e professora em diversos lugares, ainda durante a Primeira Guerra Mundial. Na Segunda Guerra, ela trabalhou durante 28 anos no Hospital de Vichy, onde cuidava de órfãos e idosos.

Fonte indicada e adaptada: G1

Viva Irma Andree!

RECOMENDAMOS






É amante de sagas, sonha ser cineastra e é do tipo que chora rios inteiros lendo livros. Já coleciona 14 primaveras, escreve poemas, ama Raul e Legião.