O site GreenMe publicou, na data de ontem (09/01), uma matéria impressionante. Ela mostra o impacto devastador do fogo na ilha Kangaroo, na Austrália, é hoje visto como um símbolo da destruição que o fogo trouxe àquele país. Somente ali, o fogo dizimou mais de 160.000 hectares de floresta e 50 casas, matando duas pessoas e cerca de 20.000 coalas.

Em virtude de tais incêndios, estima-se que mesmo um quarto das colmeias das raras abelhas da Ligúria tenham sido perdidas , uma variedade de abelhas atualmente presente apenas nesta ilha.

As fotos do antes e do depois mostram a imensa devastação causada pelas chamas que atravessaram a ilha onde está localizado o parque nacional de Flinders Chase.

Aqui está, por exemplo, como era a Ilha antes dos incêndios , numa visão em que uma longa estrada se estende para longe, delimitada por uma vegetação densa de um belo verde intenso.

E abaixo, eis a mesma estrada nesta semana, com as árvores agora reduzidas a troncos carbonizados e sem folhas, em uma terra cinzenta e desolada.

Outra imagem terrível dos efeitos dos incêndios é aquela que mostra danos no litoral. Antes de ser atingido pelas chamas, o luxuoso Southern Ocean Lodge tinha a seguinte aparência:

O alojamento foi forçado a fechar porque foi completamente destruído por incêndios, bem como por toda a paisagem circundante. As imagens valem mais que as palavras:


A estrutura provavelmente será reconstruída e a natureza poderá se regenerar ao longo do tempo , mas ver esse caos certamente não o deixa indiferente.

Além disso, levará anos para que a vegetação se recupere e volte a ser povoada por insetos e mamíferos polinizadores: enquanto isso, todos terão que lidar com os imensos danos econômicos e ambientais dessa catástrofe.

No momento, os bombeiros estão tentando conter a emergência, mas novos incêndios são esperados nos próximos dias.

Fonte indicada: GreenMe

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!