O goiano Alok, maior DJ brasileiro conhecido mundialmente é conhecido por sempre realizar ações de caridade ajudando a população. Foram doados 27 milhões à Instituição.

“Dá sentido à vida” disse o DJ sobre a iniciativa.

“Hoje nasceu mais um filho: o Instituto Alok. O instituto nasce com aproximadamente 30 milhões de reais, e grande parte desse custo foi através de uma parceria que fiz com a Garena Free Fire, na qual abri mão do meu lucro para poder fazer investimentos sociais. É isso que dá sentido à minha vida” declarou ele em vídeo publicado na rede social.

Relatou a importância da caridade na sua trajetória: “Quem acompanha a minha trajetória sabe que eu fui curado de uma depressão muito profunda através do ato de caridade, e foi inclusive aí que pude ter o meu contato com o divino. Para mim, a questão da vida não é acumular milhões, mas é poder de alguma forma transformar esse mundo em um lugar um pouquinho melhor”.

Em uma entrevista ao site de notícias UOL Alok fala que a ideia do projeto é financiar projetos de enfrentamento à exclusão social e fomentar o acesso a oportunidades, especialmente para jovens e mulheres em áreas vulneráveis do Brasil.

Sobre as críticas ele falou: “Eu comecei a ver alguns comentários que falavam, muito bom, que cara legal, vai ter isenção de imposto, lavagem de dinheiro.. Pensei, caraca, qual dificuldade das pessoas entenderem que só abri mão do meu lucro para ajudar? Não quero fazer doações, mas investimentos sociais com inteligência”.

“Eu entendo essas pessoas porque eu também já fui assim. Oito anos atrás eu não acreditava em filantropia. Eu entendo e só espero que essas pessoas daqui a oito anos mudem essa percepção. Ainda bem que eu mudei. Imagina se eu fosse igual. Teria alguma coisa muito errada comigo” completou ele.

Fonte indicada e adaptada: Portal Raízes

RECOMENDAMOS






É amante de sagas, sonha ser cineastra e é do tipo que chora rios inteiros lendo livros. Já coleciona 14 primaveras, escreve poemas, ama Raul e Legião.