Publicado originalmente por UPSOCL

O avô só queria manter em seu celular a beleza de sua amada. Ele fez isso secretamente.

Em tempos de Tinder e do rápido romantismo, o amor sincero parece ter desaparecido de nossa alma como sociedade. “Existe uma alma na sociedade moderna?”, Perguntou Jean Seberg em Breathless of 1960, e apesar dos anos, parece que o mistério ainda não é capaz de se revelar. Embora existam algumas pessoas que nos devolvem a esperança de pensar que sim, ainda está lá.

Edmundo Cambrón, é um fotógrafo nascido na Cidade do México e recentemente se dedicou a derreter os corações das redes sociais com um belo cartão postal capturado por mero acaso.

Enquanto fotografava um casamento em Lagos de Moreno, ele os viu: um casal de avós sentado nos bancos da igreja. Ele olhou mais de perto e notou, o velho segurou seu celular cuidadosamente em suas mãos para tirar uma foto de sua amada, em segredo, sem que ela percebesse. Como guardar um tesouro que ninguém mais pode ou deveria ver.

Provavelmente o senhor só queria capturar a beleza com a qual sua esposa o deslumbrou naquele momento e ele nunca quis esquecer. Imortalize esse momento para que ele se torne infinito. Quem sabe, talvez tenha sido apenas um ato de ternura.

De qualquer forma, ambos se voltaram para a rede de pessoas emocionantes que se deparam com sua imagem. Embora a identidade de ambos os idosos ainda seja desconhecida.

“É um dos melhores momentos que vi ao documentar um casamento”, escreveu Eduardo Cambrón com a fotografia.

*Traduzido por A Soma de Todos os Afetos

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!