Hand agent with home in palm and key on finger. Offer of purchase house, rental of Real Estate. Giving, offering, demonstration, handing house keys.

Foto por ijeab – br.freepik.com
Redator – Kauan Dias

O corretor de imóveis é o profissional responsável por ajudar no processo de compra e venda de casas e apartamentos que são feitos pelas imobiliárias em São Paulo . É uma pessoa que conhece o mercado e está apto a tirar dúvidas tanto de quem deseja comprar, quanto aqueles que vão vender um imóvel.

Todas as imobiliárias contam com corretores para auxiliar seus clientes. Assim, fica mais fácil fechar negócio. Inclusive, muitas pessoas se sentem mais seguras quando podem contar com a ajuda deste profissional, pois sabem que receberão orientações em todo o processo de compra, aluguel ou venda.

No entanto, apesar de parecer simples, a rotina deste profissional precisa ser bem organizada. Não é só fechar um contrato e pronto, concluiu seu dia de trabalho. Quem deseja se dedicar a profissão precisa ter perfil e estar disposto a enfrentar seu dia a dia. Entenda agora como funciona a rotina do corretor de imóveis.

O que é necessário para ser um corretor de imóveis?
Quem deseja seguir nesta profissão precisa entender o que é necessário para ser um bom corretor de imóveis. Diferente do que muitas pessoas acreditam, é preciso sim ser formado, pois somente com o CRECI é possível atuar nesta profissão. Ainda assim, não é qualquer curso superior, precisa ter uma formação que seja credenciada ao CRECI.

Assim, é preciso ter estudado Técnico em Transações Imobiliárias, Gestão de Negócios Imobiliários ou Ciências Imobiliárias. O curso técnico é o que tem menor duração, de quatro a doze meses. Se você já tem formação superior, mas decidiu mudar de carreira e seguir no ramo imobiliário, pode apostar no curso técnico, pelo menor tempo para obter o CRECI.

Agora, se estiver começando, pode optar pelo curso tecnológico, de Gestão de Negócios Imobiliários, com duração média de dois anos, ou pelo curso superior de Ciências Imobiliárias, com quatro anos de duração. Nestes dois casos pode ser necessário fazer estágio para se formar e você já poderá conhecer um pouco a rotina do corretor de imóveis.

Concluído os estudos, é preciso tirar o CRECI para poder atuar profissionalmente. Sem contar que é importante verificar se o curso que você escolheu não exige o estágio antes de entregar o diploma.

Se já puder fazer a solicitação do registro, saiba que tudo é feito pela internet. Em média, após um mês você já terá o CRECI em mãos e poderá começar a trabalhar como corretor de imóveis.

Principais atividades realizadas
Sabendo o que é necessário para se tornar um corretor de imóveis, é hora de entender quais são as principais atividades exercidas pelo profissional. Vale comentar que sua rotina nunca é repetitiva, todo dia enfrenta algo diferente. No entanto, precisa ser organizado para conseguir dar conta de tudo.

Flexibilidade de horários
O corretor de imóveis é que organiza sua agenda. Ele tem flexibilidade para cumprir suas obrigações no horário que achar melhor. Inclusive, é quem decide quando irá encontrar os interessados em casas à venda em SP.

A maioria dos corretores prefere cumprir o horário comercial e marcar tudo entre 9h e 19h, no entanto, para facilitar para alguns clientes, podem marcar visitas mais cedo ou mais tarde (entre 7h e 9h ou entre 19h e 21h).
Mais do que fazer seu próprio horário, a ideia é conseguir atender os clientes (sejam os que estão comprando, alugando ou vendendo casas) mais facilmente. A comodidade é oferecida aos clientes.

Organização
Ser organizado é indispensável para garantir que tudo funcione bem no dia a dia do corretor. Afinal, ele tem a liberdade de montar sua agenda. Se não tiver organização, há o risco de não cumprir tudo, mesmo tendo flexibilidade em seus horários.

Para facilitar, há quem tenha uma agenda, seja virtual ou física, e deixe anotado ali todos os compromissos do dia. O detalhe mais interessante, como já relatado na introdução deste tópico, é que a rotina nunca é a mesma. Então, cada dia são feitas anotações diferenciadas sobre o que é necessário cumprir.

Diferentes perfis de clientes
Para ser um bom corretor de imóveis é importante estar preparado para lidar com diferentes perfis de clientes. Irá lidar com pessoas que querem comprar apartamento em São Paulo, mas não fazem ideia do que esperar deste imóvel, assim como com clientes que têm um bom conhecimento do mercado imobiliário.

Assim, é preciso ser flexível e até mesmo compreensivo. Além disso, não tenha medo de ajudar ou oferecer mais informações. Com cada cliente é um atendimento diferenciado, sendo essa outra razão pela qual a rotina de um corretor nunca é igual.

Visitas
O dia a dia do corretor não se resume a imobiliária. Ele pode ser chamado para avaliar um imóvel que um cliente deseja colocar à venda. Também precisa acompanhar as visitas daqueles interessados em comprar ou alugar.

Especialmente se o proprietário do imóvel não pode receber aquelas pessoas ou se trata de uma casa ou apartamento novo.
É possível tirar um dia apenas para visitas ou equilibrar a agenda com outras atividades, como atendimento a clientes na imobiliária e consulta a documentação.

Ainda assim, a visitação permite sair um pouco do escritório e pode ser bom para espairecer. De qualquer forma, é preciso equilibrar os gastos, já que os corretores devem usar seu próprio carro para ir até os imóveis. A agenda pode ser uma boa aliada, para anotar quanto esse deslocamento custa para o profissional.

Orientação sobre documentação
Quando um imóvel é vendido ou alugado, existem documentos que precisam ser entregues. Tudo isso para ser feito o contrato de aluguel ou dar entrada no processo de transferência do proprietário da casa ou apartamento.
Além de verificar se tudo que foi entregue está correto, cabe ao corretor solicitar documentos faltantes e os que precisam ser atualizados/alterados.

Como você pode ver, a rotina de um corretor de imóveis nunca será igual. Exige um perfil flexível, mas atento e organizado. Então, se você se identifica e gostou das tarefas que serão parte do dia a dia, considere se dedicar a profissão. Só não se esqueça que precisará fazer ao menos o curso Técnico em Transações Imobiliárias.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!