Uma boa novidade aos amantes da poesia: a poeta Nara Rúbia Ribeiro lança, no dia 16 de fevereiro (próximo sábado), a partir das 17 horas, na Livraria Leitura (Goiâna Shopping) em Goiânia, Goiás, o seu segundo livro de poemas: “Pazes”.

Nara Rúbia Ribeiro nasceu em São Luis de Montes Belos, interior de Goiás. Estudou Teologia, formou-se em Direito e especializou-se em Direito Penal. Foi funcionária pública e também advogou por muitos anos. Em 2013, publicou o seu primeiro livro de poemas:“Não Borboletarás”. Apaixonada pelo mundo digital, abandonou a advocacia para dedicar-se à revista digital que criou em 2016: Revista Pazes, sendo responsável por sua edição-geral.

Abaixo, transcrevemos a apresentação do livro feita pela escritora Raquel Alves, filha de Rubem Alves e presidente do Instituto que leva o nome do pai:

“Nesse templo de palavras, a alma despudorada desnuda-se como o ser supremo que habita em Nara. Como poucos se atrevem, revela destemer os vazios que moram na gente. Olha-os nos olhos e chama-os pelos seus nomes revelando a poesia que a tem – pois alguns escrevem poesia e outros são obras da poesia.

Flutuei pelas palavras que dançam a sensibilidade profunda e guerreira de quem olha a matéria e vê alma, de quem olha o áspero e vê beleza, de quem olha o vazio e sopra versos. É  preciso coragem para viver com tal intensidade a ponto de dentro de si materializar o sublime em escritos.

Aquários, por mais belos que sejam, são rasos e limitados. A força das palavras de Nara Rubia só se despe para aqueles que se encorajam a mergulhar em alto mar, onde a alma nos sussurra nossos segredos latentes e esquecidos.

Pazes. Não poderia chamar diferente. Pois quem que semeia palavras escritas pela alma fecunda a humanidade de beleza. E onde a beleza vibra, o mal se dissolve do corpo.”

Já para o escritor e poeta Mia Couto:
Há nestes versos uma sabedoria de esperas, uma crença apenas sonhada, um roçar de palavra pela folha. Há nestes versos a cansada poeira do tempo, as cinzas de sonhos desfeitos. Mas também há uma claridade que desponta sob as cinzas, uma visitação de sonhos que apenas a poesia permite saber. Nessas fronteiras de sombra e luz se desenham as guerras e as pazes de Nara Rúbia.”

Nara Rúbia Ribeiro cuida da edição-geral da Revista Pazes e todos os nossos leitores são convidados de honra para o lançamento.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!