Aqueles que sofrem de ansiedade se identificarão enormemente com este texto de Holly Riordan. Quantas vezes você já sentiu pena de alguém por confiar em sua capacidade, porque, afinal, você sempre duvida de si? Quantas vezes você já se culpou por erros que jamais cometeu, apenas porque pensa que poderá cometê-los um dia?

Talvez ao olhar-se no “espelho” contido neste texto, você possa enxergar-se melhor e a MAIOR! Afinal, você é capaz de exergar a sua própria grandeza:

“A ansiedade faz você se sentir um fardo. Você não deseja enviar uma mensagem para seus amigos, mesmo que esteja morrendo de vontade de sair com eles, porque está preocupado que eles não vão querer nada com você.

Você não quer se aproximar e dizer olá à sua paixão, mesmo que esteja tentado a agir, porque está preocupado que eles olhem para você de maneira engraçada. Você nem quer ir até o caixa, mesmo sendo o próximo da fila, porque está preocupado em incomodá-los.

É ASSIM QUE A ANSIEDADE FAZ VOCÊ SE SENTIR. COMO SE VOCÊ FOSSE UM INCÔMODO. UMA PERDA DE TEMPO. UMA CHATEAÇÃO.

Você pode ficar ansioso porque está preocupado em se fazer de bobo, porque tem medo de se socializar, porque não quer tropeçar nas suas palavras ou nos seus próprios pés, mas quando se trata disso, o você está preocupado em ser rejeitado. Sendo julgado. Sendo dito que você não é bom o suficiente. Ser olhado como um estranho, como se não pertencesse, como se não fosse desejado.

A ansiedade leva você a se sentir não amado. Isso faz você se sentir como quem se importa mais em todos os relacionamentos. Isso faz você se perguntar se todos os seus amigos o odeiam secretamente, mesmo quando eles nunca lhe deram nenhuma indicação sobre isso.

Sempre que alguém é legal com você, parece um truque. Sempre que alguém olha para você, parece que está julgando. Sempre que você sai de casa, parece um desafio.

A ansiedade leva você a se sentir sem importância. Faz com que você sinta que não tem o direito de expressar sua opinião. Como o que você tem a dizer não faz diferença. Como ninguém quer ouvir.

Você pensa duas vezes antes de falar, porque está preocupado em dizer a coisa errada, mas quando está pronto para abrir a boca, a conversa já mudou.

Você já perdeu a chance de participar. Você sente que está sempre perdendo, como se estivesse sempre assistindo através de uma janela.

A ANSIEDADE LEVA VOCÊ A SE SENTIR DESVALORIZADO.

Você sente que ninguém percebe todo o trabalho árduo que você está colocando no seu trabalho e nos seus relacionamentos. Você sente que ninguém se importa com o estresse em que está passando.

Tudo o que você quer é dar um tapinha nas costas, o menor pedaço de validação, mas você nunca consegue, então parece que você deve estar fazendo algo errado. Parece que você não deve ser bom o suficiente.

A ANSIEDADE FAZ VOCÊ SE SENTIR SEM INSPIRAÇÃO.

Faz você se sentir como se nunca fizesse algo que valesse a pena com sua vida. Como você nunca será considerado bem-sucedido. Como você nunca vai alcançar seus sonhos. Se você não tomar cuidado, pode enganá-lo a se estabelecer, a pensar que uma vida medíocre é suficiente porque você não merece nada mais do que isso.

A PIOR PARTE DA ANSIEDADE É SENTIR QUE VOCÊ NÃO É AMADO, QUE VOCÊ NÃO TEM IMPORTÂNCIA E É DESVALORIZADO – MAS VOCÊ DEVE SE LEMBRAR QUE SUA ANSIEDADE ESTÁ PREGANDO PEÇAS EM VOCÊ.

As coisas horríveis que você está pensando que outras pessoas estão pensando não são verdadeiras.

Ninguém o está julgando tão severamente quanto você se julgou. Ninguém mais te odeia tanto quanto você odeia sua ansiedade.”

*Tradução e adaptação REDAÇÃO RH
Trazido do site: Resiliência Humana

Imagem de Engin Akyurt por Pixabay

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!