Índia e Paquistão estão registrando temperaturas históricas. Pessoas e animais estão, literalmente, morrendo de calor em razão do atraso das chuvas esperadas para junho, que ainda não chegaram. No Paquistão, os termômetros chegaram a registrar 50°, em Jacobabad.

A onda de calor começou a se desenvolver no centro e no norte da Índia a partir do final de maio e se intensificou na semana passada: em muitos locais, incluindo Nova Déli, os termômetros registraram as maiores temperaturas ao longo de 2019.

Aldeias inteiras tem sido evacuadas em razão da seca. Milhares de famílias estão deixando seus lares em busca de água, deixando para trás regiões desertas. Estimativas indicam que até 90% da população dos arredores de Mumbai fugiu, deixando os pacientes e os idosos sozinhos diante de uma crise hídrica sem precedentes.

Como se não bastasse todo esse sofrimento, os animais abatidos, as colheitas perdidas, histórias deixadas para trás em razão da necessidade de fugir em busca de água, os meteorologistas indicam que a onda de calor tende a continuar por algum tempo. A temperatura tende a ultrapassar os 50° na próxima semana, em lugares como yderabad, Nagpur, Patna, Indore e Lucknow.

Com informações de Greenme

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!