Existem coisas que você não pode ignorar se pretende morar sozinho. A primeira delas é a organização financeira, especialmente se os seus pais ainda assumem a maior parte dos gastos, o que pode provocar uma mudança muito brusca em sua vida.

Por isso, antes de qualquer decisão o mais recomendado é ter uma noção dos custos mais próxima a realidade, para que essa mudança não acabe sendo frustrada e você precise voltar a morar na casa dos seus pais. Para evitar isso, considere as dicas a seguir!

5 maneiras de conseguir organização financeira para sair de casa


Se você quer sair da casa dos seus pais, conquistar a independência mas manter sua saúde financeira considere as dicas a seguir:
1 – Crie Metas
Se você está planejando sua mudança, o primeiro passo é entender algumas metas para entender suas expectativas e disposições para essa fase. Aqui entram coisas como: tempo mínimo para mudança; vai morar sozinho ou dividir apartamento; procura casa ou apartamento; etc. Essas definições ajudarão você a entender melhor o orçamento necessário para conseguir morar sozinho.

2 – Aprenda a economizar

Não espere para desenvolver a conscientização financeira quando você estiver morando sozinho; o melhor é começar ainda morando com seus pais. Isso fará total diferença para que você comece a morar com uma mentalidade amadurecida sobre o assunto e também ajudará que seus planos maiores se tornem realidade, como comprar um carro ou uma casa, mesmo assumindo os custos sozinho de uma moradia.

3 – Guarde dinheiro

O chuveiro pode queimar, a lâmpada pode quebrar, a pia pode vazar… imprevistos acontecem. Por isso guardar dinheiro é tão importante, para não ser pego de surpresa. Então, não gaste todo o dinheiro que você ganha, sempre reserve uma pequena porcentagem para emergências.

4 – Entenda os custos fixos e variáveis

Esse é um passo muito importante. Afinal, os custos fixos são contas que você precisa pagar mensalmente, como aluguel, água, energia, internet, transporte. Em contrapartida, os custos variáveis representam despesas que variam de acordo com o período e quantidade, como seria o caso das compras de supermercado e farmácia.

5 – Tenha uma planilha de custos

A planilha de custos irá ajudar em sua organização financeira, entendendo o que foi ou será gasto. Isso significa que tudo o que entra e sai da sua conta deve ser registrado para que você consiga identificar o que está consumindo a maior parte dos seus recursos e contribua com o seu planejamento.

Se você quer se organizar ainda mais financeiramente, outra dica extra é escolher os apartamentos prontos para morar sozinho da Yuca, onde você tem todos os gastos com sua moradia inclusos em sua mensalidade de aluguel. Conheça!

RECOMENDAMOS






Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!