A família da estudante Maíze Oliveira viveu uma experiência surpreendente, nos últimos dias. 21 pessoas de sua família, inclusive Maíze, foram diagnosticadas com Covid-19 em Rio Verde, no sudoeste de Goiás.

A reportagem veiculada na TV Anhanguera  nos traz um alerta de que a contaminação pode vir de onde menos esperamos: alguém que está do nosso lado, dentro de casa, que possa ter contraído a doença na rua.

Estimativa apontada na reportagem diz que, em média, de 50% das pessoas que residem com alguém infectado também se contamina.

Dos 21, felizmente apenas quatro necessitaram de internação hospitalar. Em entrevista ao G1, a estudante afirma que:
“Foi um choque emocional muito grande, nós não esperávamos. Apesar de toda essa mídia sobre a doença, infelizmente muitas pessoas só acreditam quando acomete os seus familiares”.

 

Além da Maíze e o filho, também testaram positivo para Covid-19 o pai e a esposa dele, a mãe, três irmãos, uma tia, cinco primos, cinco sobrinhos e dois avós.

O pai da estudante foi o primeiro a ter os sintomas, ainda no dia 20 de maio. No dia 6 de junho, o resultado do teste deu positivo. O estado de saúde dele se agravou e foi internado. Além dele, uma irmã, a tia e a mãe dela forma internadas. Mas já estão totalmente recuperados: “Eles já saíram do hospital, estão bem, todos nós estamos curados, inclusive eu e meu filho, de 1 ano e 7 meses”, afirmou Maíze.

A suspeita é de que um familiar contaminou os outro enquanto trabalharam juntos em uma colônia agrícola.

Família teve 21 pessoas com Covid-19, em Rio Verde — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Siga-nos no Instagram: @revistapazes

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!