O mestre Thich Nhat Hanh, líder espiritual, é um homem que exala paz – mesmo ao falar sobre o possível colapso da civilização, em consequência das mudanças climáticas que vêm ocorrendo.

O monge acredita que a razão pela qual a maioria da população não se importa com as mudanças climáticas (mesmo com todas as evidências científicas) é que as pessoas são incapazes de se salvarem do próprio sofrimento pessoal. Quem dirá salvar o planeta?

Ele diz que, ao reconhecer a interconectividade de toda a vida, superamos a ideia de que somos seres individuais e podemos expandir nossa compaixão e amor, nos tornando capazes de agir para proteger a terra. Nossa busca por fama, poder e bens materiais é um refúgio para se esconder da verdade sobre diversos desafios que existem no mundo.

Thich Nhat diz: “Quando acordarem, vai ser tarde demais para agir… Eles não querem acordar porque isso pode causar dor. Eles não conseguem confrontar a verdade. Não é que eles não queiram saber o que irá acontecer. Eles apenas não querem pensar sobre isso. Eles se ocupam para esquecer. Não devemos falar para eles o que eles devem fazer, ou não, pelo bem do futuro. Nós devemos falar de forma a tocar seus corações, que os ajude a encontrar o caminho para a felicidade; o caminho do amor e da compreensão, a coragem de deixar ir. Quando eles experimentarem um pouco de paz e amor, eles devem acordar”.

O mestre criou o movimento Budismo Engajado, que promove o papel ativo do indivíduo para criação de mudanças. Ele ainda ensina que o consumidor consciente pode mudar a forma que grandes companhias agem. “Ghandi foi capaz de influenciar seus seguidores a boicotar diversas coisas. Ele sabia como se cuidar durante suas operações. Ele sabia como preservar a energia, porque a batalha é longa, então a prática espiritual é muito importante para ajudar a transformar uma sociedade”.

FONTECom informações do The Guardian
COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!