Por Raven Fon
Créditos da imagem de capa: karelnoppe – via Shutterstook

Estar ao redor de pessoas falsas pode ser devastador, caso você seja um empata.

Por definição, os empáticos são pessoas emocionalmente sensíveis que absorvem as emoções e os sentimentos dos outros – mesmo aqueles que as outras pessoas não sabem que estão emitindo. Parece um trabalho cansativo, certo? Bem, imagine poder absorver todos esses sentimentos e estar perto de uma pessoa falsa.

Você já passou algum tempo com alguém que parecia bastante agradável e gentil na superfície, mas quando você estava fisicamente perto deles, sentiu-se … bronco? Você mal conseguiu formar uma frase; você passou de ‘ok’ para o indiferente ‘blah’. Isso é porque sua antena empática está pegando em algo que simplesmente não está certo. Você sabe que o que você está vendo e o que realmente acontece não coincidem – e isso geralmente significa que alguém está escondendo alguma coisa.

Pessoas altamente sensíveis precisam de relacionamentos honestos, profundos e significativos com os outros. Se você não é genuíno, eles não estão preparados para o relacionamento.

Estas são as razões:

Empatas são dotados na leitura de linguagem corporal e energia. Eles não mentem. E sim, mesmo os empáticos têm que fingir coisas para lidar com o mundo e com tudo nele. Todos nós fazemos isso. Então, se um empaque atrapalha essa característica em você, isso pode significar que ele, ou ela, também vê essa característica em si mesmo.

Se você é um empata, você reconhecerá essas situações que causam a sensação de drenagem:

– Alguém agindo de forma forçada, para que outros os aceitem automaticamente.

– Alguém que sorri e age de forma amável, mas está realmente ferver de raiva e ódio.

– Alguém que se sente vulnerável e inseguro, mas tenta agir como durão.

– Alguém que se obriga a agir de uma certa maneira, que vai contra sua personalidade.

– Alguém que constantemente diz coisas boas (sem a real intenção) para ganhar aceitação.

– Alguém que mente ou exagera nas histórias para que outras pessoas gostem delas.

Depois de experimentar isso, os empatas reagem assim:

– Você os evita. Não é que eles fizeram algo errado, você simplesmente não tira boas vibrações deles.

– Formar frases lógicas e falar claramente é extremamente difícil.

– Você tem uma sensação de medo iminente e se sente desconfortável em torno deles. Isso só se dissipa quando você sai.

– Sente-se fisicamente doente depois de passar longos períodos de tempo perto deles.

– Sente uma sensação de desamparo e torna-se drenado facilmente.

Os empatas não pensam que são melhores do que ninguém, mas algumas pessoas são quase impossíveis de tolerar.
Ter uma maior sensibilidade ao mundo os torna fisicamente e emocionalmente doentes.
Para a maioria das pessoas, sua maior causa de infelicidade é devido a não se conhecerem. Quando escondemos um lado de nós mesmos do mundo sem saber a razão, isso nos causa dor. Seja seu verdadeiro e autêntico “eu”, é emocionalmente libertador!

Texto originalmente publicado em I Hear Intelligence, traduzido e livremente adaptado pela equipe da Revista Pazes.

FONTEI Hear Intelligence
COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


Revista Pazes

Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!



COMENTÁRIOS