A beleza importa? Qual a sua?

Sua beleza pode estar no cabelo, no olhar, no modo de andar, de vestir, na jovialidade da pele… Um só corpo e nele podemos decifrar inúmeras formas do que podemos chamar de “Belo”. O que você traz no seu? Será que reconhece?

A beleza em seu todo envolve um conjunto de fatores que vem desde paz de espírito, bem estar, até uma intervenção cirúrgica. Tudo é relativo. O que é referência de gracioso, esbelto, angelical para um, para outro é simplesmente comum, uns muito contentes com o que são, outros em busca do que podem se tornar.

A verdade é que vivemos insatisfeitos com nossa imagem e sempre queremos mais, muitas vezes não conseguindo enxergar ou até mesmo enxergando de forma distorcida aquilo que realmente somos.

Se tivéssemos a consciência de que um sorriso frouxo no rosto juntamente com um cérebro trabalhando é bem mais bonito que uma busca incansável pela beleza física?! Ah, se soubéssemos…

Claro, não vamos ser hipócritas, tudo na vida é questão de equilíbrio. O ideal seria dosar, corpo e mente: casamento perfeito. Para isso é necessário uma mudança de hábito e comportamento e o ponto de partida é seu pensamento. A partir do momento em que não está feliz com qualquer detalhe em seu corpo e em sua vida e isso lhe traz para um questionamento sem fim, verifique o que pode ser mudado e mude. Ou vire escravo da lamentação.

COMPARTILHAR
Déborah Ferreira
Bacharel em Direito, instrutora e noiva. Sempre preocupada em ser a melhor versão de mim. Em busca do equilíbrio.



COMENTÁRIOS