Nove dicas para identificar um perfil falso nas redes sociais

Ganhará um Prêmio Nobel da Paz quem inventar uma tecnologia infalível para detectar perfis e contas falsas em redes sociais. Enquanto isso não acontece, pedi a profissionais que atuam nessa área dicas de como identifica-los. Não resolve a dúvida nem de longe, principalmente por conta dos perfis falsos mantidos por profissionais. Mas ajuda a ficar esperto e não levar gato por lebre.

1) Jogue a imagem do perfil no Google Images
Muitos perfis e contas falsos utilizam fotos de outras pessoas. Para descobrir isso, entre no Google Images, clique no ícone de câmera na busca e faça um upload da foto em dúvida. Há uma chance de aparecer a origem real da foto em questão. Lembre-se que imagens de mulheres e homens esteticamente bonitos colocados como fotos de perfis são usados para atrair os mais incautos. É o que minha avó sempre dizia: quem vê cara, não vê coração.

2) Verifique a quantidade de amigos

Desconfie de quem possui poucos amigos ou seguidores.

3) Identifique o país de origem dos amigos
É comum perfis falsos terem outros perfis falsos como amigos, não raro controlados pela mesma pessoa ou grupo. E parte desses perfis podem ter sido criados usando servidores fora do país.

4) Verifique a data de criação do perfil ou conta
Se a conta é muito nova e a pessoa já está postando loucamente, xingando alguém ou alguma instituição feito um macaco com cãibra, dá para desconfiar.

5) Cheque as atividades do perfil
Isso inclui publicações, fotos postadas, engajamento. Em geral, fakes voltados à atividade comercial ou à ação política agressiva possuem um padrão mais fácil de identificar, pois se repetem muito e não mudam de assunto.

6) Desconfie de quem só compartilha
Outro elemento importante é que alguns perfis falsos passam a maior parte do tempo somente divulgando e apoiando postagens de outros, sem nunca se pronunciar por conta própria.

7) Faça uma análise geral das informações que o perfil apresenta

Os perfis falsos, em geral, não possuem muita história pessoal, nem fotos de escola, família, amigos. É claro que existem contas operadas por profissionais ao longo de anos, garantindo a esses perfis “vida pessoal”. Esses são bem difíceis de identificar (sobre esses, vale ler esta reportagem que escrevi durante as últimas eleições).

8) Apele para a tecnologia
Há aplicativos como o FB Checker, disponível para download gratuito em vários sites, que podem ajudar a descobrir se um perfil é falso ou não analisando as imagens postadas. Ele é rápido e simples, mas gera relatórios apenas em inglês.

9) Use o bom senso
Essa é a melhor dica – mas também a mais difícil. Não é porque um perfil concorda com tudo o que você pensa que ele é real (aliás, como diria Morpheus, o icônico personagem de Laurence Fishburne, da trilogia Matrix: O que é real? Como você define o real?) Na dúvida se um perfil ou conta pertence a uma pessoa com aquele nome e rosto, não compartilhe, não retuíte, não dê like. Assim você evita passar adiante informação de alguém que não se compromete com ela. Eu, se fosse vocês, nem chegava perto de fake. Vai que pega vírus.

TEXTO DESakamoto
FONTEBlog do Sakamoto
COMPARTILHAR
Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!



COMENTÁRIOS