Tudo passa, mas a Poesia não

O que nos mata é a vontade de sermos grandes. Nos tira olhos este desejo. Daí a guerra e o preconceito. A não-aceitação do outro.

Queremos ser Deus sem usar a bondade, a misericórdia e a “justiça”. O mundo não está mau. Má é a vontade. O desejo de estar por cima dele.

Só a Poesia nos pode salvar, a verdadeira Poesia que é o amor.

É preciso se amar para poder amar o outro. O contrário não resulta. Tudo passa, mas a Poesia não.

Só ela ou ele, o amor, nos pode levar à eternidade.

Feliz Natal!

COMPARTILHAR
Hirondina Joshua
É uma jovem escritora, moçambicana. Tem poemas publicados em várias revistas, jornais e blogs nacionais e internacionais. Teve Menção Extraodinária no concurso mundial de poesia. Brevemente irá publicar seu primeiro livro de poemas.



COMENTÁRIOS