Estamos chegando ao final de mais um ano. As empresas fazem seus balanços financeiros. Os governos prestam suas contas. Enfim, todos os setores da sociedade se quiserem mudar no ano seguinte para melhor precisam fazer o levantamento do que deu certo, do que deu errado e do que melhorar.

No campo pessoal, familiar, profissional também nós temos de fazer essa avaliação. Afinal, como diz Albert Einstein: “Insanidade mental tem aquele que deseja obter resultado diferente fazendo a mesma coisa”. Para essa avaliação, sugiro como ponto de partida ou como foco de orientação a seguinte afirmação: “Na vida não existe fracasso, mas tudo é um grande aprendizado”. Para não se sentir frustrado pela avaliação, recomendo também eliminar a palavra culpa. Para isto, use da compreensão, pois durante todas as nossas ações sempre tivemos uma intenção positiva e naquele momento estávamos fazendo a melhor escolha.

Com essas orientações podemos começar nossa avaliação. Um jeito muito bom para não deixarmos nenhuma área sem ser avaliada, é seguir as dicas da “Roda da Vida”. Não sabe o que é isso? Entra na internet e pesquise e faça o teste. Os pontos sugeridos são dez:

1. Relacionamento familiar. Como foi o diálogo, as correções, a compreensão e a superação, a colaboração de todos, etc.

2. Relacionamento social. Convivência com os vizinhos, com os colegas no trabalho, as visitas familiares, com os amigos, proporcionaram momentos felizes com as pessoas que gostam, amigos… Frequentaram festas, cinemas, teatros, parques; fizeram viagens…

3. Aspecto financeiro. Controlaram os gastos, realizaram as metas estabelecidas, cortaram os desperdícios, eliminaram aquelas coisas que destroem a saúde, gerando gastos com medicamentos, etc.

4. Relacionamento íntimo. Como o casal viveu essa dimensão muito importante para o fortalecimento da relação; como se curtiram…

5. Espiritual. O que fizeram para se abastecer nessa área tão importante da vida. Leituras, celebrações, orações, meditações, retiros…

6. Físico. Os cuidados com a saúde do corpo. Exercícios, caminhadas, sono saudável e profundo, higiene corporal, água o bastante (dois litros diários), alimentação saudável. Estão acima do peso.

7. Profissional. Trabalha com prazer, deu o melhor de si, foi amigo, companheiro, comprometido na empresa. Atualizou-se, melhorou sua qualidade no que faz. Soube separa problemas da empresa com problemas familiares.

8. Intelectual. Fez algum curso a mais, leu algum livro, foi em alguma palestra, rodas de estudo, etc.

9. Lazer. Se permitiu curtir a vida, fazer o que gosta, etc.

10. Emocional. Superou os ressentimentos, mágoas, ofensas… Partilhou seus sentimentos ou os engoliu sempre, gerando sérios problemas de saúde. Mal entendidos logo foram superados, ofensas perdoadas, tristezas resolvidas…

Ao final da avaliação, veja quais os pontos que você daria a nota menor . Agora peque dois desses pontos e faça um projeto de como no novo ano vai elevar o nota deles. Que decisões vai tomar e mudanças realizar. Não queira melhorar nos dez, ao mesmo tempo, que não funciona. Pegue um ou dois por vez e melhore e depois outros.
Faço votos que sua avaliação forneça um excelente material para que o Novo Ano seja muito mais frutuoso, muito mais saudável e próspero em todas as áreas.

COMPARTILHAR
Josué Ghizoni
Parapsicólogo Clínico formado pelo IPAPPI de Curitiba; Pós-graduado em Parapsicologia pela Faculdade Vicentina (FAVI); Master em hipnose; Master em PNL (Programação Neurolinguística); Educador Financeiro; Formado em Filosofia pela PUC de Curitiba; Formado em teologia, com mestrado em Teologia Espiritual pela Gregoriana de Roma. Palestrante nas áreas de educação financeira, parapsicologia, motivação, autoestima, autoconfiança, autoconhecimento. e-mail: zezoghiz@hotmail.com face: josue.ghizoni@facebook.com página: www.facebook.com/ghizonireorientacaohumana Telefone e whats: (41) 9702-6725

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS