A inteligência feminina causa, a um só tempo, atração e repulsa ao sexo oposto. É isso que parece indicar uma pesquisa publicada, em 2015, na Revista Personality and Social Psychology Bulletin.

A pesquisa realizada pela Universidade de Buffalo (Estado de Nova York) aponta, em suma, que os homens, teoricamente e à distância, sentem-se interessados e estimulados a se relacionarem com mulheres inteligentes. Contudo, a situação se modifica com a proximidade, sendo que alguns chegaram a confessar que estar diante de uma mulher muito inteligente os deixa inseguros.

As mudanças comportamentais de homens e mulheres se acentuaram significativamente nos últimos anos e é certo que a maturidade emocional de ambos os gêneros necessita ser trabalhada. O autoconhecimento, bem como a clareza mental daquilo que se deseja do relacionamento deve facilitar a aproximação.

Homens e mulheres deveriam levar em conta que, acima do intelecto, acima da competitividade medíocre que dá a tônica destes nossos dias, o afeto, o toque, os silêncios e as palavras compartilhadas, bem como as boas noites de amor e o sono compartilhado são sempre capazes de aparar as arestas e as disparidades intelectuais ou sociais daqueles que gostam. Concordam?

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!