O consumo de animais silvestres supostamente contribuiu para a disseminação do novo coronavírus.

O Comitê Permanente do Parlamento Chinês aprovou recentemente uma proposta para “banir completamente” o comércio de animais silvestres e “abolir o mau hábito de consumir animais silvestres para proteger efetivamente a saúde e a vida da população”. , de acordo com uma reportagem da televisão estatal.

A prática supostamente contribuiu para a nova disseminação do coronavírus. Um dos supostos hospedeiros, segundo alguns estudos apresentados, seria a cobra. Segundo o estudo publicado no Journal of Medical Virology, o animal —vendido com outros bichos em um mercado público na cidade de Wuhan— era o hospedeiro de uma combinação de dois tipos de coronavírus.

A fauna silvestre sai ganhando com esta decisão, digna, realmente, de ser comemorada.

Fonte: Nation e UOL

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!