No dia 28 de novembro de 2018, uma cena chocou o país. Trata-se dos maus tratos sofridos pela cadelinha Manchinha no interior de uma das lojas do Carrefour, em Osasco – SP.

Em virtude desses maus tratos, a cadelinha teve uma homorragia e faleceu. O caso teve grande repercussão e gerou uma grande comoção nacional, em defesa da cadelinha e dos direitos dos animais.

Por todo o ocorrido, o Carrefour terá que depositar O supermercado Carrefour terá de depositar R$ 1 milhão em um fundo, criado pelo município de Osasco. Foi o que acordaram o Ministério Púbico e a supermercado.


Desse total, R$ 500 mil serão destinados exclusivamente à esterilização de cães e gatos; R$ 350 mil para a compra de medicamentos para animais do Hospital Municipal Veterinário ou que estejam no canil municipal e R$ 150 mil para a aquisição e entrega de rações para associações, ONGs e demais entidades destinadas ao cuidado de animais na cidade de Osasco.

A multa, em caso de descomprimento do acordo, é de um milhão de reais.

O segurança´que matou Manchinha, e cujo nome não foi divulgado pela investigação, irá responder em liberdade por abuso e maus-tratos de animais, de acordo com o artigo 32 da Lei número 9.605/98 de Crimes Ambientais.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Revista Pazes
Uma revista a todos aqueles que acreditam que a verdadeira paz é plural. Àqueles que desejam Pazes!